Imagens mostram danos do novo avião militar da Embraer depois do incidente de domingo

 

Circulam pelas redes sociais as primeiras imagens do procedimento de içamento do protótipo do KC-390, da Embraer, que sofreu no último domingo um incidente durante a realização de ensaios da campanha de certificação. O cargueiro tático, desenvolvido no Brasil, realizava testes de prova em solo quando saiu da pista em Gavião Peixoto (SP), segundo a Embraer.

Em contato com a reportagem de AERO,  a Embraer confirmou que as fotos são mesmo do KC-390 número de série 001, matrícula PT-ZNF. Embora as imagens mostrem extensas avarias na fuselagem e na baia do trem de pouso, todos os tripulantes deixaram a aeronave em segurança.

Segundo a Embraer, a ocorrência foi comunicada ao Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), da Força Aérea Brasileira. Atualmente, a Embraer aguarda a conclusão dos laudos para poder aferir a gravidade dos danos na aeronave.

Extensão das avarias

Nas imagens, é possível notar danos na parte traseira da fuselagem, assim como a perda de um dos conjuntos do trem de pouso principal.

A aeronave envolvida nesse episódio é a mesma que sofreu um incidente de perda de altitude no final do ano passado. Na ocasião, a Embraer afirmou que o problema não comprometia o programa. Após alguns meses sem voar, o avião foi reparado e liberado para a continuidade da campanha de testes.

A expectativa da Embraer é a de entrega das duas primeiras unidades do KC-390 para a FAB em junho próximo. O fabricante brasileiro não informa se o incidente vai interferir no cronograma do programa.

Fonte: Aero Magazine