Icônica Games Magazine Brasil completa 25 anos

Uma das revistas mais icônicas do universo da jogatina no Brasil acaba de completar 25 anos. No ano de 1995, mais precisamente no mês de outubro, era fundada a Nova Zen Editora, encarregada pela revista Games Magazine, além do portal de notícias online GMB. Já são 25 anos que a GMB acompanha tanto os avanços quanto os retrocessos da jogatina no Brasil, e a influência do setor ao redor do mundo. Para o CEO da Games Magazine, Carlos Cardama, “é uma luta de todo dia mostrar a importância do setor de jogos como uma ferramenta para o desenvolvimento da sociedade. Fazemos isso com amor e muito profissionalismo há 25 anos”.

Pioneira

A editora Nova Zen foi fundada em 1995, como uma empresa focada na área dos jogos. Anteriormente ao lançamento da Games Magazine Brasil, Cardama era parceiro de Ángel Vicente e juntos desenvolveram a Pirâmide, que na época era a única empresa a fornecer cartelas de bingos para todo o país. Em 1994, ela começou suas atividades após a abertura da primeira sala. Atualmente, essa atividade já é obsoleta, e os estabelecimentos físicos abriram espaço para os ambientes virtuais que simulam toda a atmosfera das grandes casas de jogatina – conferindo o guia de cassinos online para jogar, você pode encontrar uma plataforma que se encaixe com seu perfil, e se divertir por horas. Ainda naquela época, Cardama, em busca de uma oportunidade de crescimento, solicitou um estudo relacionado à atividade no Brasil e percebeu que o nicho era muito carente em informações verídicas, além da falta de um canal de divulgação para os estabelecimentos de jogatina. “Isso fez com que nos decidíssemos pelo lançamento da Games Magazine, a primeira revista sobre bingos, automáticos e cassinos do Brasil”, disse Cardama. A primeira edição da revista acabou sendo lançada em 1997 e o evento de comemoração reuniu vários empresários importantes do nicho, tanto da América do Sul, quanto americanos e europeus.

Ascensão da GMB

A partir de então, as edições eram lançadas de dois em dois meses, ademais, cobriam abertura de novas salas, realizavam entrevistas com os principais nomes da indústria mundial de jogos, esportistas, artistas e demais personalidade que se destacavam no cenário nacional e internacional. A GMB também passou a fazer a cobertura das principais feiras do setor, como a G2E, Sagse, Fadja e ICE. Para aprimorar cada edição, matérias sobre turismo passaram a ser acrescentadas, onde era destacado um destino no Brasil ou exterior. “O jogo sempre foi uma ferramenta para a indústria do turismo e a Games Magazine adotou esta pauta, trazendo o brilho de tantos lugares fantásticos no Brasil e no exterior, com sua cultura, história, atividades de lazer e muito mais”, disse Cardama.

Dentre as principais cidades visitadas pela equipe da GMB, sobressaíram-se as que eram sede de eventos do setor, como Londres, Las Vegas, Bogotá, Buenos Aires, Roma, Madrid. Com uma certa vocação e com a liderança eficiente de Carlos Cardama, logo a Games Magazine conseguiu romper as fronteiras do Brasil, e passaram a publicar edições na Colômbia, México, Argentina, Venezuela e Itália.

E não foi somente novas fronteiras físicas que foram desbravadas – a partir do ano 2000, um programa semanal de rádio foi lançado, e nele eram abordados os temas da revista impressa e outras variedades, música, cultura, esporte e entrevistas. Após o fechamento dos bingos no Brasil, a equipe da GMB continuou trabalhando para fomentar a regulamentação de todas as modalidade de jogos. Atualmente, o setor é tratado como uma atividade econômica importante, e se antes se discutia muito sobre cassinos, jogo do bicho e bingo, hoje em dia, o setor está mais voltado para as apostas esportivas e esportes eletrônicos, e a luta por um marco regulatório para a jogatina ainda continua.

Já em 2016, a GMB lançou sua versão digital, um site que recebe atualizações diárias. E logo o endereço digital ganhou o espaço da versão impressa, e se consolidou na indústria por conta dos conteúdos de qualidade, atualizações frequentes, opiniões independentes e cobertura de eventos. Com isso, aproximadamente 3.000 atores do setor costumam receber todos os dias notícias sobre o mercado da jogatina, se mantendo sempre atualizados.