HC de Botucatu tem 100% de seus leitos UTI para covid-19 ocupados, mas número deve aumentar ainda hoje

 HC de Botucatu passa a divulgar ocupação de leitos

Foto HCFMB

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) atualizou na tarde desta segunda-feira, 04, suas principais informações sobre o coronavírus. A preocupação passou a ser a taxa de ocupação de leitos na autarquia.

Hoje o HCFMB conta com um total de 54 leitos (incluindo as UTIs Adulto, Coronariana, Pediátrica e Neonatal). Destes, 6 foram destinados para o tratamento de pacientes com COVID-19 e mais 2 foram adicionados, totalizando 8 leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com COVID-19,  já que o  HC foi reconhecido como hospital referência para os casos graves da doença.

Estes leitos são quartos independentes e isolados, adaptados com normas rígidas de segurança, de acordo com os protocolos divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde. Para os próximos dias, o HC prepara a abertura de mais 8 leitos de UTI com recursos próprios (sem verba adicional do Governo do Estado), o que totalizará 16 leitos de UTI para o tratamento de pacientes com COVID-19.

Pensando no atendimento de futuros casos de COVID-19, o HCFMB tem espaço físico reservado para mais 14 leitos. No entanto, para que sejam disponibilizados, é necessário que o Estado envie respiradores e libere recursos financeiros para a contratação de recursos humanos.

Com isso, o HC trabalha para ter 30 leitos de UTI especificamente para pacientes com COVID-19. A liberação e abertura desses leitos será divulgada pelo HC assim que for definida.

Sendo assim, o HCFMB tem até a data de hoje 8 leitos de UTI para o tratamento de casos de COVID-19 e, a partir de hoje, passará a divulgar diariamente sua taxa de ocupação, conforme tabela abaixo.

Informações do NCIM do HCFMB