Governo do Estado confirma rebaixamento da região para a fase vermelha

Fase mais restritiva anunciada em coletiva

Em mais uma atualização do chamado Plano São Paulo, três regiões do estado entram na a fase vermelha nesta sexta-feira, 22.  A região da DRS-6 está entre elas, representando um duro golpe para os comerciantes.

De acordo com o governo estadual, com a piora nos índices, Bauru, Franca e Presidente Prudente devem se juntam à Marília nas regiões que regrediram após as festas de final/começo de ano.

Essa faixa do programa é a mais restritiva, na qual apenas setores essenciais têm autorização para abrir. Botucatu está na regional de saúde de Bauru. O Governo do Estado dividiu o território paulista em regionais de Saúde em maio do ano passado, quando anunciou o Plano São Paulo.

O anúncio das mudanças de fase das regiões ocorreu durante evento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. A justificativa do governo Doria é que a transmissão do novo coronavírus aumentou nas últimas semanas, ocasionando um número expressivo de morte e internações.

Na fase vermelha é permitido o funcionamento de atividades essenciais como farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria.

Comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas. A Prefeitura deve se manifestar ainda hoje sobre o novo rebaixamento.