GCM participa de treinamento de LIBRAS

 

Os agentes Alves e Chagas participaram na última semana do curso de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), treinamento que foi realizado no Núcleo de Atendimento Pedagógico Especializado “Alcyr de Oliveira” (NAPE) e ministrado pelo professor e interprete de LIBRAS, David Rocha. Juntamente com os guardas estavam pessoas da comunidade em geral, que possuem interesse em se comunicar com deficientes auditivos.

“O treinamento foi de extrema importância no trabalho da instituição, que tem perfil comunitário. Hoje temos 15 agentes treinados com o curso de LIBRAS, que faz parte do Programa de Atendimento a Pessoas com Deficiência (PROAD)”, disse o comandante geral da GCM, Sérgio Luis Bavia.

LIBRAS

A Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) foi desenvolvida a partir da língua de sinais francesa. As línguas de sinais não são universais, cada país possui a sua.  A LIBRAS possui estrutura gramatical própria, onde os sinais são formados por meio da combinação de formas e de movimentos das mãos e de pontos de referência no corpo ou no espaço.

Segundo a legislação vigente, LIBRAS constitui um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas com deficiência auditiva do Brasil, na qual há uma forma de comunicação e expressão, de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria.