Fundação CASA de Botucatu fecha parceria com o IFSP de Avaré e Banco de Alimentos

Objetivo é trabalhar o voluntariado e oferecer capacitação para os adolescentes por meio da doação de alimentos produzidos na horta do centro

Com foco em trabalhar questões como voluntariado, solidariedade e oferecer educação de qualidade, os adolescentes em medida no centro da Fundação CASA Botucatu receberão um incremento na atividade complementar de horticultura.

Por meio de duas parcerias fechadas pelo centro, uma com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), de Avaré e outra com o Banco de Alimentos da cidade, gerenciado pela Ong Inai, os alunos da oficina terão uma visão geral sobre agricultura orgânica, da plantação até o consumidor final.

O IFSP entrará oferecendo apoio pedagógico, com conteúdo teórico/prático sobre horticultura orgânica, compostagem e vermicompostagem de resíduos sólidos orgânicos.

As aulas serão ministradas pelo agente educacional do centro, Danilo Almeida Costa Toledo e durarão até mês de outubro. Serão formadas duas turmas de sete adolescentes cada que, ao final do curso, receberão certificados expedidos pelo Instituto.

Já o Banco de Alimentos da cidade orientará os jovens sobre a melhor forma de realizar a colheita dos vegetais, evitando ao máximo o desperdício e mostrando como deve ser feita a limpeza, o corte, adequação para uso e entrega dos alimentos para instituições como casas de repouso, creches, escolas e a Associação de Pais Amigos dos Excepcionais de São Paulo (Apae).

Como explica o diretor do centro, Evandro Lauro de Oliveira, ambas as parcerias se complementam. “Será uma atividade riquíssima, tanto em conteúdo quanto em valor. Agradecemos pela possibilidade de colocar em prática esse projeto”, concluiu.

A equipe do IFSP que visitou o CASA foi formada pela coordenadora do IFSP de Avaré, Gabriela Godoy C. Aduino, o agrônomo, Adilson Jose R. Melo e os engenheiros, Celso D. Galvani Jr Melo e Weider Luiz Moreira. Já a equipe do Banco de Alimentos foi formada por pela coordenadora, Mariele Coral e por Alexande Lanini.