Funcionários do AME de Botucatu reclamam de atraso no pagamento dos salários

Foto: Divulgação/Arquivo

O Acontece Botucatu recebeu nesta semana dezenas de reclamações de funcionários do AME, Ambulatório Médico de Especialidades de Botucatu, sobre o atraso no pagamento dos salários.

“Estamos sem pagamento, ninguém nos dá um retorno do porquê desse atraso e quando vão nos pagar. É um descaso e não conseguimos acessar nem mesmo o nosso holerite”, disse uma funcionária que pediu para não ser identificada.

“A gente sempre recebe no 5° dia útil que foi sexta-feira, 07, muitas pessoas estão reclamando pois todos temos contas a pagar”, lamentou.

Outros funcionários também relataram o mesmo problema. Apenas os porteiros, que são terceirizados, teriam recebido o pagamento.

Já os outros funcionários como técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, equipes de limpeza, médicos e administrativo não receberam, segundo os denunciantes. A unidade tem hoje 131 funcionários, sendo 47 remanejados e 84 contratados.

“É um absurdo essa situação, principalmente nesse momento de pandemia, em que os funcionários estão se desdobrando, correndo riscos e ainda ficam sem receber”, disse a mãe de uma funcionária, que também pediu anonimato.

Explicação

A reportagem falou com o responsável pela OSS “Organização Social de Saúde Irmandade Santa Casa de Andradina”, que administra o AME de Botucatu, para entender o motivo do atraso. Dagson Morais respondeu que não poderia responder aos questionamentos, já que prestam serviço ao Estado.

O Acontece Botucatu entrou em contato também com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde, que enviou a seguinte nota:

“Os atendimentos no Hospital de Campanha do AME de Botucatu estão mantidos normalmente. O pagamento de funcionários é responsabilidade da contratante, à qual os repasses ocorrem em conformidade com a programação orçamentária e devem ocorrer nos próximos dias”.