Funcionamento de comércio e serviços será permitido das 6h às 21h a partir de hoje no estado de SP

O estado de São Paulo vai entrar nesta segunda-feira (24) na última semana da fase de transição do Plano SP. Com fim adiado pelo governo paulista desde o início do mês, a estratégia de contenção da proliferação da covid-19 veio recebendo leves modificações nos últimos dias.

De hoje (24) até a próxima segunda (31) o funcionamento do comércio e serviços será permitido das 6h às 21h, porém a capacidade máxima de pessoas nos estabelecimentos foi ampliada para 40% – até este domingo (23) o permitido era de 30%. O toque de recolher seguirá das 21h às 5h.

A partir do dia 1 de junho, a gestão João Doria (PSDB) promete uma nova liberação no Plano SP, ampliando o horário de funcionamento do comercio até 22h, com capacidade máxima dos locais até 60% e o toque de recolher iniciando das 22h até 5h. Assim que a fase de transição for encerrada, os municípios deverão analisar e decidir medidas restritivas locais, seguindo a situação da pandemia na cidade, mas obedecendo os pilares do Plano SP.

– Atividades comerciais, das 6h às 21h;

– Restaurantes e similares, das 6h às 21h;

– Salão de beleza e barbearia, das 6h às 21h;

– Atividades culturais, das 6h às 21h;

– Academias, das 6h às 21h;

– Parques estaduais e municipais, das 6h às 18h;

– Atividades religiosas com protocolos de saúde;

– Toque de recolher das 21h às 5h;

– Todos os locais com 40% da capacidade de ocupação;

– Escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias.