FMVZ da Unesp de Botucatu recebe aparelho de raios-x digital de alta qualidade

Equipamento foi cedido por meio de uma parceria com a empresa JOB do Brasil

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, câmpus de Botucatu, recebeu, no dia 03 de março, um aparelho de raios-x Digital Leonardo DW, que será utilizado na rotina radiológica de grandes animais e possibilitará o treinamento e aprendizado dos alunos de graduação e pós-graduação, o desenvolvimento de pesquisas e a produção de um livro voltado para radiodiagnóstico em equinos.

O equipamento foi cedido em consignação pela JOB do Brasil, empresa representante oficial da fabricante japonesa Job X Ray Corporate e da alemã OR Technologies, marcas com excelente reputação pela dedicação em pesquisas e inovação na área de raio-x digital, gerenciamento de imagem e diagnósticos médicos e industriais.

A professora Vânia Maria de Vasconcelos Machado, do Departamento de Cirurgia Veterinária e Reprodução Animal da FMVZ, agradeceu a parceria com a JOB do Brasil e explicou os benefícios trazidos pelo aparelho. “A chegada desse equipamento será importante para o atendimento hospitalar, para o desenvolvimento acadêmico de nossos alunos de graduação, para a formação dos nossos residentes e vai contribuir significativamente com as pesquisas. É um equipamento mais rápido e que utiliza tecnologia de ponta. O sistema de raio-x que temos atualmente precisa da revelação das imagens. Esse aparelho que utiliza o sistema digital atua instantaneamente. Feita a radiografia, já é possível visualizar a imagem e, se houver necessidade, já é possível fazer imediatamente uma segunda imagem”.

A qualidade das imagens geradas pelo equipamento também viabilizará a realização de um livro didático voltado para o ensino de graduação e pós-graduação, sobre radiodiagnóstico em equinos. “É um projeto que estamos iniciando e que terá a colaboração de diversos autores”, relata a docente.

A JOB do Brasil é parceira da FMVZ há três anos, oferecendo apoio em projetos de extensão, mais precisamente aos cursos de educação continuada e cursos intensivos sobre radiologia de equinos, coordenados pela professora Vânia.

O sistema Leonardo DR pesa apenas 6 kg e consiste em dois componentes: um detector de raios-X sem fio e um laptop com o software de aquisição e diagnóstico profissional integrado, acomodados em um mochila especialmente desenvolvida para proteger todo o sistema. “O equipamento de raio-x é fabricado no Japão e o software na Alemanha pelas empresas que representamos”, conta Décio Ogawa, diretor da JOB do Brasil. “Sempre tivemos um ótimo relacionamento com a professora Vânia. Quando ela nos propôs a parceria, aceitamos com muita honra, sabendo que a FMVZ é uma instituição de referência pelo conhecimento que é produzido aqui”.

Para o supervisor do Hospital Veterinário da FMVZ, professor Alexandre Secorum Borges, esse tipo de parceria é importante porque traz benefícios para todos os envolvidos. “A empresa coloca seu equipamento para ser utilizado num centro com muita circulação de profissionais de alta qualidade na área de Medicina Veterinária. E a FMVZ ganha um avanço na área de diagnóstico, com imagens de melhor qualidade, auxiliando não apenas na área de Radiologia, mas também as áreas de Clínica e a Cirurgia de maneira geral, com uma tecnologia de ponta que nos coloca mais uma vez nas fronteiras mais avançadas da ciência”.

O vice-diretor da FMVZ, professor Mario de Beni Arrigoni, agradeceu os envolvidos na parceria. “Em nome da nossa Faculdade, agradeço a iniciativa e o empenho da professora Vânia e os parceiros da JOB do Brasil. Essa colaboração certamente vai contribuir para melhorar os indicadores acadêmicos e o avanço nas pesquisas da FMVZ. Estamos de portas abertas para mais iniciativas desse tipo”.