Festa de casamento termina em confusão e tiros para cima na Vila Nova Botucatu, diz boletim da PM

A Polícia Militar registrou na noite de sábado, 21, um caso envolvendo porte ilegal de arma, disparo de arma e ameaça. Policiais foram acionados via copom para o atendimento da ocorrência em uma festa de casamento, que ocorria na Vila Nova Botucatu.

No local os PMs foram informados que o autor dos disparos se desentendeu em um jogo de truco com um dos convidados, saiu da festa e voltou portando um revólver calibre 32. Diz boletim de ocorrência que o autor ameaçou a vítima e os demais convidados, vindo a efetuar um disparo de arma de fogo para o alto.

Outros convidados da festa interviram, segurando o mesmo e conseguiram retirar a arma da sua posse, sendo este agredido durante a ação. O tumulto e as agressões somente cessaram quando sua mãe pegou a arma que estava nas mãos de um dos convidados e efetuou um disparo para o alto.

A mesma deixou o local com o marido e o filho, que teria começado a confusão, sendo esse socorrido ao PS do HCFMB com uma fratura na face. Ele está internado, preso em flagrante, sob escolta e passará por cirurgia.

A PM foi até o hospital, onde encontraram a mãe, que após relatar o ocorrido, entregou a arma utilizada com 4 cartuchos deflagrados e dois intactos. Ela foi apresentada no plantão policial permanente da Polícia Civil de Botucatu, sendo ouvida e liberada.  Não houve feridos por arma de fogo.