Família pede ajuda para encontrar presente que filho enviou para o pai

 

O senhor Francisco Benedito Alves é aposentado e mora na zona rural de Botucatu. No Dia dos Pais, um dos filhos de ‘seo’ Francisco, Francis Paulo, não pode comparecer para dar aquele abraço, pois mora longe. O deslocamento de Curitibanos, em Santa Catarina, se tornou impossível e ele enviou o presente para o Pai via Correios.

No início desta semana Francisco foi pegar suas correspondências, em endereço diferente do seu. No ‘bolo’ de cartas e pacotes estavam contas para pagar e o presente especial de seu filho no Dia dos Pais, uma camisa de Futsal de Curitibanos.

O problema é que por um infortúnio, Francisco deixou cair na rua as correspondências e perdeu o presente do filho que está distante. Segundo sua família, a situação causou extrema comoção.

“Queríamos muito que alguém de bem nos devolvesse. Meu irmão mora em Santa Catarina e como ele não teve condições de vir no dia dos pais, encaminhou um presente para o meu pai. Estamos muito tristes, pois moramos na zona rural da cidade e utilizamos o endereço da minha avó. Meu pai foi buscar as correspondências e havia o presente que meu irmão enviou. Só que meu pai deixou cair o envelope com o presente e com as correspondências”, disse Francini, filha de Francisco.

Para alguns pode parecer exagero, mas o presente de um filho para o pai se tornou importante e de muito sentimentalismo para essa família em espacial. Quem viu as correspondências ou mesmo está de posse da camisa de futsal, presente do filho de Francisco, pode entrar em contato pelos telefones 99652-7428 e 99606-8945.