Faculdade de Medicina de Botucatu lança o Memória FMB Covid-19

Projeto traz relatos sobre os desafios do enfrentamento da pandemia em Botucatu

Já está disponível no portal da Faculdade de Medicina de Botucatu(FMB) uma aba dedicada à Memória FMB Covid-19. O projeto, idealizado por Martha Martins de Morais, responsável pelo Centro de Memória da Faculdadede Medicina de Botucatu (CMFMB), busca, através de depoimentos escritos e em áudio, registrar os desafios no enfrentamento da pandemia.

Os entrevistados são integrantes da comunidade unespiana da FMB, profissionais de saúde do Hospital das Clínicas (HCFMB) e da Central Covid-19, e munícipes botucatuenses.

São 47 episódios de podcasts gravados em 2020 que contam com aparticipação de pessoas como o prefeito Mário Pardini, o diretor industrial da Caio Induscar Maurício Cunha, a diretora da FMB/Unesp professora Kika, o médico do HCFMB Fábio Carvalho, a enfermeira Elisângela de Campos da Central Covid-19, entre muitos outros.

“Em tempos de isolamento social, os depoimentos presentes neste site oferecem tanto uma oportunidade de aproximação dessas pessoas quanto um registro histórico por meio de uma memória que se constrói diariamente”, diz a apresentação do projeto.

Por que Botucatu?

O contexto no qual a cidade está inserida faz dela um importante polo de atenção no enfrentamento da pandemia devido ao fato da FMB ser uma das maiores faculdades de medicina do Brasil e o HCFMB ser integrante do Sistema Único de Saúde (SUS), atendendo a mais de 60 cidades da região.

Sendo assim, o projeto Memória FMB Covid-19 registra o impacto da pandemia na economia, na saúde pública, e revela os desafios do ensino à distância nos cursos de Medicina e Enfermagem, traz soluções de caráter político e social, além de ações do poder municipal com parcerias público-privadas.

Porém, segundo a idealizadora do projeto, Martha Martins de Morais, o registro dos impactos causados pela Covid-19 não se limitou a unidade da Unesp em Botucatu. Paralelamente, no mesmo período, foi desenvolvido o Memória UNESP Covid-19, que coletou relatos sobre o impacto e ações realizadas no enfrentamento da pandemia nas outras unidades da Universidade.

A gravação e o isolamento

Devido a questões sanitárias e a orientações de isolamento e distanciamento social, o projeto foi construído em casa. Sendo assim, as entrevistas foram feitas por meio de gravações de ligações telefônicas, mensagens de áudio e depoimentos escritos.

A coleta dos depoimentos foi feita entre março e outubro de 2020, o que permitiu relatos contemporâneos às mudanças vivenciadas neste período.

“A importância disso foi que nós conseguimos deixar registrado o que aconteceu naquele momento, sem um distanciamento histórico. Muitas vezes, quando pensamos em memória, pensamos em coisas do passado. Mas a memória é uma coisa que se constrói hoje”, disse Martha Martins.

O site

Para facilitar a pesquisa dos podcasts e dos depoimentos escritos foi feito um site, que conta também com um inventário. Assim, qualquer pessoa pode fazer uma pesquisa e ter uma visão geral do conteúdo.

O site é dividido em quatro partes: apresentação, podcast, entrevistas na íntegra e material complementar.

Na secção “Entrevistas na Íntegra”, são mais de 65 conteúdos que incluem depoimentos escritos pelos próprios entrevistados e a transcrição das entrevistas feitas por telefone.

Por fim, na área de material complementar é possível fazer o download do inventário e ouvir um podcast exclusivo sobre o Centro de Memória e sobre a criação do Memória FMB Covid-19.

O tratamento do acervo sonoro (entrevistas e podcasts) foi realizado por Baga Defente, diretor criativo do NADA?Studio Criativo, e a produção do site contou com a participação e apoio das Diretorias Técnicas de Informática da FMB e da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp; da Seção Técnica de Comunicação e Seção Técnica de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da FMB, além da Diretoria da FMB.

Conheça o portal Memória FMB Covid-19: https://www.fmb.unesp.br/#!/memoriafmbcovid19
Conheça o portal Memória Unesp Covid-19: https://www2.unesp.br/portal#!/covid19/cuidados/memoria-covid-19/

Por Diana Diniz, Assessoria Faculdade de Medicina