Estado de SP tem o menor número de internações por Covid-19 desde o início da pandemia

No pico da segunda onda, o total foi seis vezes maior do que os números atuais em SP

Foto HCFMB

 

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira (21) menos de 5 mil pacientes com COVID-19 internados. É a primeira vez desde o início da pandemia, em 2020, que esta marca foi registrada. Hoje, são 4.968 internados, somando 2.548 em enfermarias e 2.420 em leitos de Terapia Intensiva.

No pico da segunda onda, o total foi seis vezes maior, ultrapassando 31 mil hospitalizados. Somente em UTI, o Estado chegou a ter mais de 13 mil internados, além de 18 mil em leitos clínicos.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI chegaram a ultrapassar 92% no momento de maior demanda, mas hoje é de 31,7% no estado e de 37,9% na Grande São Paulo.

As contínuas quedas são reflexo do avanço da campanha de vacinação contra COVID-19 e das estratégias de prevenção e enfrentamento da doença.

O balanço acumulado da pandemia totaliza 4.352.832 casos, sendo que 4.133.677 pessoas tiveram a doença e já estão recuperadas, incluindo 447.578 que foram internadas e receberam alta hospitalar. Houve 148.295 mortes pela doença.