Embraer vai usar helicópteros para simular rota de “carros voadores” no Rio

Geral
Embraer vai usar helicópteros para simular rota de “carros voadores” no Rio 27 outubro 2021

Voos abertos ao público vão ligar a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão; preço das passagens começam em R$ 99,99

Venda dos bilhetes começou nesta terça-feira (26) Eve/Embraer/Divulgação

Subsidiária da Embraer, a Eve Air Mobility vai iniciar no dia 8 de novembro o que ela chamou de “simulado” de Mobilidade Aérea Urbana no Rio de Janeiro (RJ), conectando o bairro da Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim/RIOgaleão.

Neste primeiro momento, os voos serão realizados em helicópteros, em preparação para a chegada dos eVTOLs, veículos elétricos de decolagem e pouso verticais que a empresa brasileira planeja lançar em 2026.

O simulado promovido pela Eve terá um mês de duração (até 6 de dezembro) com seis voos diários, a um custo mais acessível que a operação de um helicóptero convencional.

De acordo com a Embraer, os preços das passagens praticados durante a experiência terão “valores próximos ao que se espera no futuro para a operação” com eVTOLs, entre R$ 99,99 e R$ 599,99 (a variação do preço depende do dia e horário do voo).

A venda dos bilhetes começou nesta terça-feira (26) pelo website e o aplicativo da Flapper, empresa de voos sob demanda. A operação ficará a cargo da Helisul, um dos maiores operadores de helicópteros do Brasil.

Também estão envolvidos na empreitada a Universal Aviation, empresa de serviços de atendimento aeroportuários, a concessionária RIOgaleão e o Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen (CEMHS), que serão os pontos de origem e destino dos voos.

“A simulação no Rio de Janeiro, uma das cidades com mais congestionamento no Brasil e no mundo, nos ajudará a levantar as reais necessidades dos usuários, parceiros e comunidade que irão se beneficiar das nossas soluções de mobilidade”, disse André Stein, presidente da Eve.

O estudo na capital fluminense com participação do público é parte de um conceito de operação (CONOPS) iniciado em agosto deste ano.

A iniciativa, que é acompanhada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), tem objetivo de mapear os processos operacionais e de serviços, identificar as necessidades dos usuários, da comunidade e demais partes interessadas na integração da mobilidade aérea urbana no Brasil.

Corrida dos carros voadores

A Embraer por meio da Eve é um dos fabricantes mais empenhados na corrida dos “carros voadores”, a forma popular como os eVTOLs vêm sendo chamados no Brasil e em outras partes do mundo. Até o momento, a empresa já se comprometeu a produzir 735 aeronaves para oito clientes. Entre eles estão a Flapper e a Helisul, companhias que participam do simulado no Rio de Janeiro.

A Eve, com a colaboração de parceiros, também participa do desenvolvimento de todas as etapas necessárias para habilitar o mercado UAM.

É uma atuação que compreende criação de bases de serviços e redes de suporte, pontos de embarque e desembarque de passageiros em centros urbanos, adaptações nos regulamentos de tráfego aéreo e pontos de recarga elétrica.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO