Embraer vai transferir montagem final de jatos executivos para Gavião Peixoto

Embraer

A Embraer confirmou que transferirá para Gavião Peixoto a montagem final de jatos executivos que hoje é feita em São José dos Campos. A data ainda é incerta, pois o acordo entre as empresas segue em processo de finalização.

A montagem final inclui a junção das asas no corpo, além de todo o interior como carpete, banco, marcenaria, pintura e eletrônica, entre outros serviços. Aviões como o Legacy 450 e 500 e o Praetor 500 e 600, hoje, finalizados em São José, passarão a ser montados e entregues em Gavião Peixoto.

Hoje a fábrica de móveis já está em Gavião Peixoto. Na prática, ao invés de ir para outra unidade, as peças ficarão por aqui contemplando outros serviços. A unidade já produz o Super Tucano e o cargueiro KC-390 (veja mais abaixo). Também está no mapa da unidade vizinha de Araraquara a produção dos caças Gripen da Suécia.

Pelo novo modelo criado pela empresa, as montagens das estruturas de todos os aviões da Embraer continuarão sendo feitos em Botucatu. Outra parte da produção das aeronaves de negócio da Embraer continuará realizada na Florida, que é a principal unidade da Embraer nos Estados Unidos.

Os escritórios de engenharia da Embraer permanecerão em São José dos Campos, no Distrito de Eugênio de Melo. A Embraer não definiu a data exata da mudança.

Com informações do portal a Cidade On