Embraer entrega 28 jatos comerciais e 20 executivos no 2º trimestre de 2018

A Embraer entregou 28 jatos para o mercado de aviação comercial nos Estados Unidos, Europa e Ásia Pacifico ao longo do segundo trimestre de 2018 (2T18). No segmento de aviação executiva, 20 unidades foram entregues nesse período, sendo 15 jatos leves e cinco jatos grandes. Em 30 de junho, a carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) totalizava USD 17,4 bilhões.

Veja os detalhes das entregas na tabela abaixo: 
 
Entregas por Segmento
2T18
2018
 
 
 
Aviação Comercial
28
42
EMBRAER 170 (E170)
1
1
EMBRAER 175 (E175)
20
31
EMBRAER 190 (E190)
2
5
EMBRAER 195 (E195)
2
2
EMBRAER 190-E2 (E190-E2)
3
3
 
 
 
Aviação Executiva
20
31
Phenom 100
3
6
Phenom 300
12
17
Jatos leves
15
23
Legacy 650
1
1
Legacy 450
4
6
Legacy 500
1
Jatos grandes
5
8
 
 
 
TOTAL
48
73
 

No 2T18, a Embraer comemorou um grande marco com a entrega do primeiro E190-E2 de série à companhia norueguesa Widerøe no início de abril em uma cerimônia na fábrica da Embraer em São José dos Campos, no interior de São Paulo. A maior companhia aérea regional da Escandinávia começou a operar o avião para voos com passageiros poucas semanas depois.

No mercado de aviação comercial, o pedido da Air Costa para 50 E-Jets E2 foi retirado do backlog da Embraer do 2T18. Esse ajuste no backlog não tem impacto na produção do E2, nem no cronograma de entregas de 2018 ou 2019.

A Embraer assinou um pedido firme com a American Airlines Inc. para 15 jatos E175 com configuração de 76 assentos. O contrato tem um valor de US$705 milhões, com base nos preços de tabela atuais, e as entregas ocorrerão entre março e novembro de 2019.

A Embraer e a Mauritania Airlines anunciaram durante o Farnborough Airshow 2018 um pedido firme para dois jatos E175 com configuração de 76 assentos. O contrato, com um valor de USD 93,8 milhões, com base nos atuais preços de lista, foi assinado em junho e, portanto, foi incluído no backlog do 2T18. As entregas ocorrerão em 2019.