Embraer conclui processo reintegração da unidade de aviação comercial

Geral
Embraer conclui processo reintegração da unidade de aviação comercial 30 janeiro 2022
Foto divulgação

 A Embraer concluiu com sucesso a reintegração de sua divisão de aviação comercial aos seus negócios. As atividades haviam sido separadas em meados de 2019, durante o processo de fusão com a Boeing, mas que foi encerrado unilateralmente pelo fabricante norte-americano em 2020.

A reintegração incluiu os principais sistemas de tecnologia da informação e processos do negócio. A reorganização foi iniciada em maio de 2020, semanas após a Boeing cancelar o acordo de joint venture, e segundo a Embraer tem sido um dos seus principais durante a revisão do plano estratégico e da execução de iniciativas para o aproveitamento das competências e recuperação de sinergias.

O processo de integração ainda possibilitou diversos ganhos operacionais e eliminando ineficiências fiscais como uma gestão integrada, menos complexa e mais ágil. Em nota, o fabricante afirma que com a conclusão e restabelecimento do ritmo normal da empresa, a aviação comercial volta a estar diretamente ligada à estrutura da Embraer.

“Acreditamos que 2022 será um ano de crescimento e estamos bem preparados para aproveitar todo o potencial da companhia. Desta forma, o sucesso da reintegração do negócio da aviação comercial é mais um passo importante no processo de execução do nosso planejamento estratégico e deverá resultar em melhorias operacionais significativas e melhor rentabilidade”, disse Antonio Carlos Garcia, vice-presidente executivo financeiro e relações com investidores.

Durante os últimos meses a divisão comercial operou de forma independente, ainda que dentro da estrutura organizacional da Embraer. O objetivo agora é buscar a continuidade das operações e o andamento dos processos de desenvolvimento e produção de aviões.

Fonte: Site Aeromagazine

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento