Embraer aceita vender aeronaves KC-390 por 827 milhões de euros para Portugal, diz jornal

A Embraer aceitou a condição do governo português em pagar 827 milhões de euros pela compra de cinco aeronaves de transporte militar KC-390, de acordo com o jornal Diário de Notícias.

O acordo após semanas de divergências entre o Ministério da Defesa – apoiado pelo Parlamento – e o construtor aeronáutico brasileiro. O braço-de-ferro veio a público em meados de janeiro, durante uma audição parlamentar do então chefe do Estado-Maior da Força Aérea sobre a nova LPM.

Segundo fontes ligadas à equipa de negociação criada em 2017 para adquirir os KC-390, o acordo com a fabricante brasileira abrange o fornecimento de cinco aeronaves de transporte tático-estratégico, um simulador de voo e a manutenção durante o ciclo de vida útil dos aparelhos.

Fontes do Ministério da Defesa limitaram-se a dizer que as negociações com a Embraer “mantêm-se em curso e estão em fase avançada”.

Com informações do site Pode Aéreo e jornal Diário de Notícias/Portugal