Em vídeo, Doria diz que irá adotar medidas mais restritivas e ‘impopulares’

O governador João Doria (PSDB) disse nesta quinta-feira (11) que irá adotar regras mais rígidas de funcionamento da fase vermelha para conter o avanço da pandemia no estado. O anúncio divulgado por meio de um vídeo publicado nas redes sociais do governador.

“Teremos que adotar medidas ainda mais restritivas de distanciamento social para diminuir a circulação do vírus no estado de SP. É a única forma para tentarmos, neste momento, conter a aceleração das mortes e evitar que tantas famílias sejam devastadas”, afirma Doria.

A previsão é a de que o governo suspenda a liberação para cultos religiosos, campeonatos esportivos e também determine o fechamento das escolas.

Nesta quarta (10), o fechamento de todos os setores chegou a ser recomendado pelo procurador-geral de Justiça, Mario Luiz Sarrubbo.

Tanto a educação quanto as atividades religiosas tinham sido incluídas na lista de serviços essenciais por meio de decretos estaduais.

As novas regras serão apresentadas em coletiva de imprensa, às 12h45, no Palácio dos Bandeirantes. No vídeo, Doria afirma que as medidas são “impopulares” e “difíceis” de serem tomadas.

“Não é fácil tomar essa decisão, uma decisão impopular, difícil, dura. Nenhum governante gosta de parar as atividades econômicas do seu estado – eu, principalmente. Eu entendo o sofrimento de todos. É difícil, é difícil não poder sair para trabalhar, é difícil não sair para batalhar pelo sustento da sua família, é difícil não poder ir para escola, para faculdade, ter restringido o seu convívio social, não poder ir para o seu esporte, não pode ir para a sua academia.”

Fonte: portal G1