Docente do IB da Unesp descreve nova espécie de grilo cavernícola cego

No Brasil, há muitas espécies de grilos da família Phalangopsidae por serem descritas, algumas, habitantes de cavernas. Entre essas, está o novo gênero e espécie descritos no artigo intitulado “Erebonyx catacumbae, n. gen. et sp.: a blind, troglobitic cricket from Brazil (Orthoptera, Grylloidea, Phalangopsidae)”, na revista Zootaxa.

Os autores são o Dr. Francisco de A. G. de Mello, do Departamento de Bioestatística, Biologia Vegetal, Parasitologia e Zoologia do Instituto de Biociências (IB) da Unesp de Botucatu, SP, e o Dr. Rodrigo Lopes Ferreira, do Centro de Estudos em Biologia Subterrânea, Setor de Biodiversidade Subterrânea, Departamento de Ecologia e Conservação, Universidade Federal de Lavras, Mnas Gerais.

O estudo foi embasado em espécimes obtidos de uma caverna calcária localizada no município de Campo Formoso, norte do Estado da Bahia, numa região bastante seca do semiárido brasileiro, caracterizada por vegetação de caatinga.

Os espécimes foram coligidos após localização visual no interior da caverna “Toca do Gonçalo”, por espeleologistas da Universidade Federal de Lavras (UFLA), fixados em álcool, e enviados ao Dr. Francisco, do IB, especialista em taxonomia desse grupo. No interior da caverna, os indivíduos ocorrem em áreas mais úmidas, próximas à cursos d’água.

O estudo revela que o novo gênero, Erebonyx, (monoespecífico), conhecido de uma só caverna situada em ambiente de Caatinga, é mais aparentado a um gênero denominado Adelosgryllus, com espécies distribuídas em ambientes mais fechados, como algumas florestas do Brasil e do Peru, assim como de algumas ilhas de mata no interior da caatinga, os chamados “brejos de altitude”.

O artigo apresenta uma breve discussão sobre troglomorfismos, bem como algumas observações ecológicas sobre E. catacumbae- espécie que acaba de ser descrita e já é tida como ameaçada de extinção.

Para conferir o artigo completo, acesse: https://www.biotaxa.org/Zootaxa/article/view/zootaxa.4975.2.5

Por: Rhaida Bavia | ACI do IBB/Unesp