Como funciona a carta de crédito para moto?

Geral
Como funciona a carta de crédito para moto? 09 março 2022

A compra de uma moto pode servir a diferentes propósitos: você pode usá-la para passeio, trabalho ou para ter mais mobilidade em certas partes da cidade, por exemplo. Entre as alternativas de pagamento, existe o consórcio de motocicletas. Mas você sabe como ele funciona?

Um dos principais elementos é a carta de crédito, que é responsável por permitir que você faça a compra desejada. Então, entender como ela funciona e como escolher a alternativa ideal é essencial para que você aproveite ao máximo o que essa modalidade de crédito oferece.

Na sequência, descubra como funciona a carta de crédito do consórcio de motocicletas e entenda quais são os pontos principais!

Como funciona a carta de crédito para moto?

Ao contratar um consórcio de moto, você poderá ter acesso a uma carta de crédito que corresponde ao valor a ser utilizado na compra do veículo desejado. Porém, além dessa questão, existem outros pontos que você deve considerar a respeito desse elemento. Confira as principais características de funcionamento!

Taxa de administração

O primeiro ponto para considerar é a ausência de juros sobre o valor da carta de crédito. Em vez disso, a principal cobrança envolve a taxa de administração. Ou seja, em vez de você pagar juros sobre juros em relação ao montante devido, o total referente à taxa de administração se divide em todas as parcelas.

Isso é muito importante porque, no final, você precisa pagar um valor menor do que seria necessário no  financiamento, por exemplo. Logo, é possível adequar melhor a alternativa ao seu padrão financeiro.

Contemplação

Outro ponto importante envolve a contemplação para uso da carta de crédito para moto. É possível ser contemplado via sorteio, que acontece em cada assembleia organizada para o grupo consorciado.

Se quiser tentar antecipar essa contratação, você pode oferecer lances. Se o seu lance for considerado o vencedor, você é automaticamente contemplado e pode usar os recursos para comprar a moto desejada.

Isso é interessante se você dispõe de algum dinheiro guardado. Além de antecipar o pagamento do montante total, você pode levar menos tempo para adquirir a moto dos seus planos!

Uso do valor

A carta de crédito do consórcio de motocicletas pode ser usada na aquisição de diferentes modelos de motos. Você pode escolher a marca e a versão desejada, de acordo com os seus objetivos.

Se o preço da moto for mais caro que o da carta de crédito, é possível complementar os recursos. Se for mais barato, a diferença pode ser usada para abater a dívida restante.

Além disso, a compra é feita à vista, então você aumenta seu poder de negociação. Desse modo, pode obter condições mais atraentes.

Como contratar um consórcio de motocicleta?

Para ter acesso à carta de crédito para moto, você deve saber como realizar a contratação adequadamente. Por isso, confira dicas que você não deve deixar de colocar em prática!

Monte um planejamento financeiro

Para que o consórcio de moto seja adequado à sua realidade, é necessário começar pela criação de um planejamento financeiro. Assim, você pode garantir que será possível realizar o pagamento adequado das parcelas, por exemplo.

Logo, você deve começar analisando seus gastos e seus ganhos e criar um orçamento. A partir disso, identifique oportunidades de economia, como ao reduzir compras desnecessárias ou ao fazer substituições. Dessa forma, é possível garantir o espaço necessário nas finanças para fazer o pagamento das parcelas.

Defina o valor da carta de crédito e o prazo

Em seguida, você deve estabelecer de quanto deseja dispor ao ser contemplado. Escolha o valor da carta de crédito mais alinhado com as suas possibilidades financeiras e também com o tipo de veículo que você deseja adquirir.

Também é necessário estabelecer o prazo de duração do consórcio. Considere que isso interfere diretamente no valor das parcelas, então você deve definir o período de acordo com a sua capacidade financeira.

Escolha a administradora

A próxima decisão envolve a administradora responsável por organizar e manter o consórcio. Você deve escolher uma instituição financeira autorizada pelo Banco Central (Bacen), que tenha a estrutura adequada e ofereça boa experiência.

Também é interessante conferir informações como a taxa de administração cobrada e as condições gerais de contrato.

Faça uma simulação

A última etapa antes da contratação do consórcio de motocicletas é a simulação. Por meio dessa ferramenta, você entenderá de quanto precisa dispor para pagar as parcelas e se a alternativa cabe no seu bolso.

Também é ideal para conhecer todas as condições, como as taxas e seus impactos. Se surgirem dúvidas nessa etapa, buscar a instituição responsável é o melhor caminho. Desse modo, você poderá fazer uma escolha consciente.

Ao contratar um consórcio de motocicletas, você poderá usar a carta de crédito para adquirir o veículo ideal para as suas necessidades. Por isso, vale a pena planejar e ter atenção com a decisão para aproveitá-la ao máximo.

Quer comprar a sua moto sem dificuldades? Simule e faça seu consórcio!

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento