Com risco de geada, produtores rurais protegem plantações em Botucatu e região

Geral
Com risco de geada, produtores rurais protegem plantações em Botucatu e região 17 maio 2022
Em 2021, após perderem 80% da produção agricultores de Itatinga se preveniram dos riscos de geadas — Foto: Prefeitura de Itatinga/ Arquivo

A previsão de temperaturas entre 3ºC e 21ºC e risco de geada na região de Botucatu colocou em alerta os produtores rurais que já estudam medidas para proteger a plantação e evitar os prejuízos que foram registrados no ano passado.

Como o risco de geada é entre a noite desta terça-feira (17) e manhã de quarta-feira (18), os produtores já estão separando as lonas para cobrir a plantação de verduras e hortaliças no bairro Demétria em Botucatu, que fica cerca de 10 km do centro da cidade.

“Nós já estamos separando as lonas para cobrir as hortaliças, vamos fazer as fogueiras em volta da roça de abobrinha e das plantações mais sensíveis para que a fumaça segure um pouco a geada”, explica a agricultora Fernanda Quadrado.

Ela e a família vivem da plantação e buscam alternativas para não perder o sustento. “É agricultura familiar, a gente tira praticamente todo o sustento daqui, por isso, temos que correr contra o tempo acordar de madrugada para irrigar e acender as fogueiras, fazer o que está no nosso alcance”, completa.

Geada em 2021

Na geada registrada em julho do ano passado, os produtores tiveram bastante prejuízo, por isso a preocupação com o plantio. “No ano passado fomos surpreendidos e perdemos tudo com a geada, tivemos que recomeçar, então a nossa preocupação é muito grande.”

Em Itatinga, os produtores chegaram a perder 80% da produção durante a onda de frio que atingiu o país no dia 19 de julho. Poucos dias depois, no dia 30 de julho, a vegetação em um pesqueiro de Botucatu ficou com aparência “envidraçada” depois que a usada na irrigação ficar congelada.

Fonte: portal g1

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento