Botucatu terá Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica

 

Foto Grupo Independente

O professor Filipe Pereira Giardini Bonfim, do Departamento de Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, aprovou um projeto para a criação do Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) em Botucatu.

A aprovação se deu no âmbito do edital 21/2016 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário da Casa Civil da Presidência da República (SEAD).

O objetivo do edital é apoiar projetos que integrem ensino, pesquisa e extensão voltados à construção e socialização de conhecimentos e técnicas relacionados à Agroecologia e à Produção Orgânica, bem como à promoção dos Sistemas Orgânicos de Produção.

O projeto proposto pelo docente da FCA tem como meta fortalecer o movimento agroecológico e o desenvolvimento rural e urbano sustentável na cidade de Botucatu e região, manter a articulação e contribuir na sistematização de experiências dos outros NEA’s da região sudeste e o Centro Vocacional de Tecnológico, que formam as redes estaduais de Agroecologia.

Além de construir e socializar conhecimentos relacionados aos sistemas de produção e comercialização de produtos orgânicos, por meio de ações indissociáveis entre ensino, pesquisa e extensão, a iniciativa conta também com a organização de eventos e criação de materiais educativos, tendo como atores principais as famílias agricultoras, técnicos, estudantes e professores. A premissa do projeto será envolver a comunidade na difusão de informações referentes à soberania e segurança alimentar.