Botucatu tem queda nas mortes de trânsito nos primeiros cinco meses de 2021

Dados do Infosiga foram divulgados hoje

Arquivo Acontece Botucatu

Botucatu apresentou queda nas mortes de trânsito nos primeiros cinco meses de 2021. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, dia 18, pelo Detran-SP, através do Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida.

Os números são apresentados por regionais, no caso de Botucatu, a faixa administrativa de Sorocaba, que registrou queda de 6% no número de óbitos no trânsito na comparação entre os primeiros cinco meses de 2021 e 2020, quando os índices de isolamento social por conta da pandemia da covid-19 foram maiores.

De acordo com o painel do Infosiga, Botucatu teve 12 vítimas fatais nos acidentes registrados entre janeiro e maio deste ano. Em 2020, no mesmo período, a cidade teve 16 mortes no trânsito entre vias públicas e rodoviárias no município.

No número de vítimas em acidentes, Botucatu teve 359 pessoas socorridas nos primeiros cinco meses do ano. Neste item houve um aumento em relação a 2020, que registrou 334 vítimas de acidentes.

Na regional

No período, foram registradas 161 vítimas fatais contra 171 no mesmo período do ano passado. Com relação a acidentes com vítimas, que incluem ocorrências não fatais, os dados apontam aumento no período: 4117 ocorrências em 2020 e 4701 em 2021. Dados do Sistema de Monitoramento do Governo do Estado indicam que a taxa média de isolamento em maio de 2020 foi de 49% e de 42% em maio deste ano.

Os óbitos com pedestres tiveram queda de 15%: foram apontados 28 casos em 2021 e 33 no mesmo período do ano passado. Envolvendo motociclistas também caíram 6%, passando de 68 nos primeiros cinco meses de 2020 para 64 em 2021. Já as fatalidades envolvendo passageiros de automóveis tiveram aumento de 8%: foram registradas 39 ocorrências no período em 2020 e 42 em 2021. Já com ciclistas, os dados de 2021 apontam aumento de 64%, passando de 11 em 2020 para 18 nos cinco meses de 2021.

Estado

O Estado de São Paulo manteve relativa estabilidade no número de fatalidades de trânsito nos cinco primeiros meses de 2021, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando os índices de isolamento social por conta da pandemia da covid-19 foram maiores. Dados do Sistema de Monitoramento do Governo do Estado indicam que a taxa média de isolamento em maio de 2020 foi de 49% e de 42% em maio deste ano.

Nos primeiros cinco meses de 2021 foram contabilizados 1932 óbitos por acidentes de trânsito, contra 1903 entre janeiro e maio do ano passado, um aumento de 1,5%. Com relação aos acidentes com vítimas, houve um aumento de 9,7%, passando de 64.325 casos em 2020 para 70.587 em 2021.

Meios de transporte

No período, a maior redução nas fatalidades foi referente aos acidentes envolvendo ciclistas, que caíram 9%, de 166 em 2020 para 151 em 2021. Também se verificou uma queda de 7,6% nos óbitos de pedestres, que passaram de 448 no ano passado para 414 em 2021. As ocorrências com ocupantes de motocicletas se mantiveram estáveis (754 em 2020 e 758 em 2021) e as que abrangem passageiros de automóveis aumentaram 8,8%, de 432 em 2020 para 470 em 2021.

Veja também 

Em Botucatu, Vice-Governador e Deputado Federal confirmam tratativas para recriação da Regional de Saúde