Bauruense deixa 27 mil pra trás e mostra dotes no MasterChef

A estreia da 4.ª edição do MasterChef Brasil, que será exibida na próxima terça-feira (7) na TV Bandeirantes a partir das 22h, contará com a participação da jornalista de Bauru Thays Gomes da Silva, de 24 anos.

Ela ficou frente a frente com os chefs Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella, para disputar uma vaga entre os 75 concorrentes que foram convocados para a primeira audição com os jurados.

Esta é a última etapa da seleção que elegerá 21 cozinheiros amadores merecedores do tão desejado avental de chefe. Mais de 27.500 pessoas se inscreveram para a disputa e, deste total, 640 participaram de testes presenciais, segundo o site oficial do programa.

Esta é a primeira vez que Thays busca realizar o sonho de se tornar a próxima MasterChef do Brasil. “Enviei o vídeo assim que abriram as inscrições, em outubro, com a receita de uma fraldinha recheada”.

A jornalista conta que o interesse pela culinária surgiu do convívio com a avó Clarice de Paula da Silva, que sempre cozinhou na casa. “Ela me criou desde pequena e eu tinha o hábito de acompanhá-la nessa tarefa. Então, ela deixava um pouco de arroz para eu fazer ou um pouquinho de massinha de pão. Eu adorava”.

Conforme foi adquirindo mais idade, Thays aprimorou seus dotes culinários. “Fui tendo mais contato com a cozinha, ganhando mais autonomia. Com acesso à Internet e a canais do YouTube, tudo ficou mais fácil. Eu aprendi, por exemplo, coisas mais técnicas”.

De bolos, ela passou a se arriscar no preparo de pratos que não estava acostumada a fazer, como carnes, tortas, doces mais complicados como bombas, petit gateau. Os degustadores de plantão aprovavam as iguarias, garante a jornalista.

“Meu namorado e minha avó são minhas cobaias. Tudo o que eu faço eles experimentam. Na maioria das vezes, gostam, se surpreendem. Mas quando não fica bom, eles são sinceros também e dizem em que errei ou no que poderia melhorar”.

Para Thays, o petit gateau foi o prato mais difícil que ela conseguiu concluir. “É algo que sempre adorei, mas nunca entendia como o recheio ficava tão líquido. Então peguei a receita e aprendi. É fácil e complicado ao mesmo tempo, porque mesmo se você acertar o ponto, é muito difícil para desenformar. Se estragar, não tem como arrumar”.

Além do doce, que ela costuma fazer no sabor chocolate e recheado, a jornalista aprecia carnes e todos tipos de risotos.

DOIS SONHOS

O amor por cozinhar foi o que motivou Thays a se inscrever no programa. “Eu sou apaixonada pelo Fogaça, pela Paola e pelo Jacquin, então eu vi a chance da paixão por uma coisa, que era a cozinha, me levar a outra, que eram os três”.

Ela diz que realizou dois sonhos. “O de jornalista, quando fiquei diante da Ana Paula Padrão, e o de aspirante a cozinheira, quando fiquei diante dos três chefes. É uma emoção muito intensa, não tem como definir. É um misto de ansiedade, nervosismo, alegria”.

Em razão de regras impostas pela organização do MasterChef Brasil, Thays não pôde dar mais detalhes da estreia do talent show, que já foi gravado.

Fonte: JCNET