Bauru aplicou mais de 20 mil doses de lotes da vacina CoronaVac suspensos pela Anvisa

Foto: Instituto Butantan/Divulgação

A Secretaria de Saúde de Bauru recebeu 20.530 doses de um dos lotes suspensos pela Anvisa da vacina CoronaVac. De acordo com a pasta, as doses foram recebidas em 16 de julho e todas já foram aplicadas, não restando nenhuma em estoque.

A secretaria informou ainda que o Instituto Butantan atestou a qualidade das doses recebidas e isso garante que os imunizantes são seguros para a população.

Disse também que aguarda outras orientações da Secretaria Estadual de Saúde, mas que qualquer pessoa que tenha tomado as doses e apresente algum tipo reação pode procurar uma das unidades de saúde do município.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que todas as vacinas distribuídas no estado de São Paulo foram validadas e aprovadas pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade de Saúde (INCQS) do Governo Federal, portanto com qualidade garantida e segurada para a utilização na população.

Destacou ainda que toda a rede foi orientada durante toda a campanha sobre a importância do monitoramento dos vacinados, independentemente do imunizante administrado. E por fim, informou que as doses já disponibilizadas para a continuidade da vacinação a partir desta segunda-feira (6) são de lotes aprovados pela Anvisa.

Lotes suspensos

Pelo menos 25 lotes da vacina foram suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último sábado (4). A agência informou que adotou uma medida cautelar, proibindo a distribuição e uso de doses envasadas em um dos locais de fabricação, que não foi aprovado pelo órgão.

Secretarias de Saúde de pelo menos 13 estados e do Distrito Federal disseram que receberam vacinas desses lotes e já distribuíram aos municípios. Quatro desses estados confirmaram, inclusive, que parte delas foi aplicada.

A Anvisa orientou os estados e municípios a não usarem as vacinas dos lotes suspensos. Já as secretarias estaduais de saúde disseram que estão entrando em contato com os municípios para indicar a suspensão da aplicação das doses.

Em nota, o Instituto Butantan disse que “a medida da Anvisa não deve causar alarmismo” e que o próprio instituto alertou a agência por “extrema precaução”. O Butantan declarou ainda que “convida a cúpula da Anvisa para voltar a conhecer as instalações das fábricas da Sinovac” na China.

De acordo com a Anvisa, os lotes suspensos já distribuídos são:

IB: 202107101H, 202107102H, 202107103H, 202107104H, 202108108H, 202108109H, 202108110H, 202108111H, 202108112H, 202108113H, 202108114H, 202108115H, 202108116H e L202106038.

SES/SP: J202106025, J202106029, J202106030, J202106031, J202106032, J202106033, H202106042, H202106043, H202106044, J202106039, L202106048.

Fonte: Portal G1