Audiência pública na Câmara debate Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em Botucatu

Geral
Audiência pública na Câmara debate Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em Botucatu 04 agosto 2022

Na noite da quarta-feira (03/08), a Câmara de Botucatu realizou mais uma audiência pública com foco em transparência e orçamento municipal. Desta vez, estava na pauta de apresentação e debate com a sociedade o Projeto de Lei Complementar 14/2022, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2023.

“O projeto abrange uma projeção das receitas e despesas do município por secretarias da Prefeitura. É um assunto sempre muito importante”, explicou o vereador Silvio (Republicanos), relator da Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade da Câmara e quem presidiu o evento.

Diante de um público modesto, formado principalmente por vereadores e representantes da área da cultura, o Secretário Municipal de Governo, Fábio Leite, apresentou os números referentes à LDO. A previsão é que o orçamento de Botucatu em 2023 seja de R$ 570 milhões – cerca de R$ 100 milhões a mais do que o de 2022.

Após a explanação do projeto, o secretário ainda pôde responder perguntas e questionamentos tanto dos presentes quanto do público remoto. A audiência terminou por volta das 20h.

 Acompanhe o trâmite

Uma das principais legislações que norteiam o uso dos recursos públicos, a LDO estabelece metas e prioridades financeiras à administração municipal, impactando diretamente o desenvolvimento do município e o dia a dia de seus moradores.

Os trâmites da elaboração e da votação do orçamento municipal seguem processo legislativo próprio, previsto no Regimento Interno da Câmara (artigo 235 e seguintes): após dar entrada na Casa (isso aconteceu no dia 4 de julho), ele é enviado à Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade, que poderá receber emendas dos vereadores por até 30 dias.

Findo esse prazo, a Comissão emite parecer sobre o projeto e suas emendas e a Câmara realiza uma audiência pública, que aconteceu nesta quarta-feira. Só então o texto segue para discussão e votação em plenário.

Fonte: Câmara Botucatu

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento