Apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues morre aos 45 anos

O apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues morreu nesta terça-feira (28). Ele tinha 45 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital do Rio de Janeiro em estado grave por complicações causadas pelo novo coronavírus.

Rodrigues estava em coma induzido e teve morte cerebral decretada no início desta tarde. Ele foi internado no sábado (25) com diagnóstico de trombose venosa cerebral (TVC – coagulação do sangue em uma veia no cérebro), condição que pode piorar com o novo coronavírus.

O jornalista lidava com a infecção há cerca de 15 dias e estava afastado do trabalho desde que recebeu o diagnóstico da Covid-19. Ele se sentiu mal, procurou atendimento e foi internado. Poucos dias depois, foi colocado em coma induzido por causa da TVC. Chegou a passar por uma cirurgia para aliviar a pressão intracraniana, mas teve morte cerebral decretada no início desta tarde.

Em nota, o Hospital Unimed-Rio, onde Rodrigues estava internado, disse que “foi atestada morte encefálica”. “O paciente encontrava-se em estado grave e coma induzido, em unidade de terapia intensiva, desde o último domingo, 26/07, após ter sido submetido a procedimento para diminuição da pressão intracraniana em decorrência de uma trombose venosa cerebral.”

Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Rodrigues se formou em jornalismo em 2001 e iniciou a carreira na televisão como apresentador em 1995, passando por emissoras como ESPN, TV Cultura, Bandeirantes, Esporte Interativo, entre outras.

Rodrigues também era escritor e tinha uma banda, a The Soundtrackers, que se apresentou algumas vezes em Botucatu, lotando o Teatro Municipal da cidade e também o largo da Catedral. Reveja um trecho do show no Teatro Municipal.

 

Fonte CNN Brasil