Após o Carnaval, tem início a Quaresma

 

A Quaresma começou nesta quarta-feira de Cinzas (1º), logo após o carnaval, e termina na manhã de quinta-feira Santa, em 13 de abril, com a celebração da benção dos Santos Olhos, para os católicos.

A celebração do Domingo de Ramos abre a Semana Santa e a ceia da quinta-feira dá início ao chamado Tríduo Pascal, quando se celebra a paíxão, morte e ressurreição de Jesus, conforme os evangelhos. O papa Francisco, na mensagem para a Quaresma 2017, explica que o período é o novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro.

O Papa Francisco assinalou no Vaticano o início da Quaresma, período de preparação para a Páscoa, e falou de um “caminho de esperança” que quer levar os católicos da “escravidão” à liberdade.

“[A Quaresma] é um caminho certamente exigente, como é bom que seja, porque o amor é exigente, mas é um caminho cheio de esperança. Mais: o êxodo quaresmal é o caminho no qual a própria esperança ganha forma”, disse, perante milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro para a audiência pública semanal.

Padre Paulo Bronzato: “Nosso objetivo é nos prepararmos para a Páscoa, a ressurreição de Jesus”

Em Botucatu, milhares de fieis seguem os rituais do período quaresmal. Para o Padre Paulo Bronzato, da Paróquia Menino Deus, o objetivo da Quaresma é viver em nossa vida aquele período de 40 dias em que Jesus passou no deserto antes de iniciar sua vida pública.

“Nosso objetivo é nos prepararmos para a Páscoa, a ressurreição de Jesus. De forma mais especial nos prepararmos para que ele viva em nós. As recomendações para esse período são: Oração: intensificar a vida de oração e práticas espirituais para nos aproximar mais de Deus. Penitência ou jejum: Ajuda-nos a criar disciplina interior, não se deixando levar simplesmente pelos impulsos, mas submeter a vontade à razão. Caridade: Aprendermos a sair de nós mesmo, para estar atentos às necessidades do próximo. Ser capaz de amar sem esperar nada em troca, não somente as pessoas carentes, mas também aqueles com quem convivemos. em síntese é um tempo de conversão que vai nos abrir para a verdadeira vida, Jesus Cristo”, afirma o Padre.