Aos 35 anos, Paróquia de São Pio X realiza o sonho da nova matriz

O projeto é um sonho antigo que vem se concretizando graças à colaboração e aos esforços de centenas de fiéis.

No ano em que completa 35 anos de história, a Paróquia de São Pio X, na Cohab1,  tem motivos de sobra para comemorar. Inaugurada no dia 16 de janeiro de 1984, com a bênção do então arcebispo metropolitano de Botucatu, Dom Vicente Marchetti Zioni, a comunidade está prestes a inaugurar sua nova matriz.

O projeto é um sonho antigo que vem se concretizando graças à colaboração e aos esforços de centenas de fiéis. A meta de construir a nova igreja de São Pio X ganhou força quando a paróquia completou 30 anos e, de lá para cá, foram muitos os avanços.

Desde a chegada do atual pároco, o padre Francisco Antunes, mais conhecido como “Padre Chico”, em janeiro de 2017, a paróquia se transformou em um verdadeiro canteiro de obras. Foram muitas as transformações em pouco tempo e tudo graças a participação da própria comunidade, que colabora intensamente, seja com doações financeiras ou com a mão-de-obra na realização de eventos e campanhas para a arrecadação de recursos.

Logo em seu primeiro ano à frente da paróquia, foi realizada a revitalização do prédio atual, com ampliações e adequações. Tudo pensado para oferecer mais conforto à comunidade.

Padre Chico lembra que, quando assumiu a paróquia, já havia um projeto de construção da nova matriz, que posteriormente passaria por adaptações. “Quando decidimos que o projeto seria retomado, coloquei algumas condições: a igreja nova deveria ter muita luminosidade, três salas de catequese que oferecessem condições dignas de evangelização e trabalhos sociais, e também que a matriz tivesse 12 vitrais, em homenagem aos 12 apóstolos de Jesus”, conta.

Vitrais – A nova matriz de São Pio X, cuja obra teve início em janeiro de 2019, contará com 12 vitrais, distribuídos da seguinte maneira: parte da frente: Maria Madalena, Nossa Senhora Aparecida, São Paulo e a brasileira Irmã Dulce. No interior da igreja, no altar, haverá uma rosácea com imagens dos 4 evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João.

Capela do Santíssimo – Ao lado esquerdo do altar da nova matriz haverá uma capela reservada para o silêncio, reflexão ou orações. “Queremos destinar esse espaço a quem quer apenas ficar alguns minutos em silêncio, apenas na presença de Deus. Mas também poderão ser realizadas celebrações no local”, destaca padre Chico.

Simplicidade – Na parte da frente da matriz a ideia inicial de utilizar pedra basáltica foi substituída pela aplicação de tijolos ecológicos. A intenção foi recordar a simplicidade pregada fortemente Dom Henrique Golland Trindade, primeiro arcebispo de Botucatu e responsável pela ampliação do Seminário Diocesano, onde também foi utilizado esse mesmo tipo de material.

Campanha do piso – Apesar de em janeiro de 2019 ter sido realizada a primeira missa na nova matriz já coberta, a obra encontra-se na fase de acabamento. Atualmente, a comunidade de São Pio X tem sido chamada a colaborar com a campanha para a colocação do piso, que será de granito. O valor da contribuição é de R$ 200,00 cada metro quadrado e pode ser parcelado em 10 vezes. No total, serão necessários 650 metros quadrados.

Além do piso, ainda precisa ser feita toda a parte de pintura, forro e sistema de som. Uma área localizada na parte baixa da igreja será destinada a eventos e trabalhos sociais.

“A obra avançou rápido. Muitas vezes eu mesmo me assusto. Mas tudo foi possível graças à colaboração e ao trabalho da comunidade. Sem dúvidas, hoje temos uma igreja acolhedora. A igreja não pode ser somente uma obra, mas, sim, um complexo, uma ação transformadora”, cita avalia padre Chico.

Projetos sociais – A Paróquia de São Pio X é conhecida na cidade por sua atuação junto aos mais necessitados. Atualmente, estão em atividade 7 projetos sociais:

  • Associação Restaurar;
  • Projeto dos Vicentinos;
  • Pastoral da Sobriedade;
  • Projeto Envelhecendo com dignidade
  • Projeto Vida (que atende crianças em situação de vulnerabilidade com atividades de cultura, esporte, lazer e alfabetização)
  • Projeto Mãos Solidárias (voltado a crianças do Complexo do Alemão, no Parque 24 de Maio);
  • Projeto Distribuindo Sorrisos;

A história da paróquia

A criação da Paróquia de São Pio X de Botucatu se fez necessária com a inauguração do Conjunto Habitacional Humberto Popolo, no dia 16 de Janeiro de 1984 com a Bênção dada por Dom Vicente Marchetti Zioni, então Arcebispo Metropolitano de Sant’Ana de Botucatu. Logo após a inauguração do Conjunto Habitacional, a Santa Missa começou a ser celebrada provisoriamente na escola desse Conjunto pelo Cônego Eanes de Melo Cotias, Pároco de São Benedito.

Vendo a necessidade espiritual da região, Dom Vicente Marchetti Zioni solenemente criou e instalou a Paróquia de São Pio X e nomeou o Padre João Batista Stern como seu primeiro Pároco, aos 30 de março de 1986, Solenidade da Páscoa da Ressurreição do Senhor.

O Santo Titular dessa Paróquia, São Pio X, foi escolhido por ter sido ele o fundador da Diocese de Botucatu, criada aos 7 de Junho de 1908.

A Paróquia de São Pio X hoje é formada pela Igreja Matriz de São Pio X (Jardim Reflorenda) e também:

•Capela de São José Trabalhador (Parque Convivio).
•Capela de Nossa Senhora Rainha da Paz (Bairro 24 de Maio).
•Capela de São Judas Tadeu (Jardim Aeroporto).
•Capela de Nossa Senhora das Dores do Cimo da Serra (Jardim Maria Luiza)
•Capela de São Francisco de Assis (Bairro rural da Roseira).
•Capela São José (Grin Valle)
•Capela Santa Cruz de Ana Rosa (Cohab 1)
•Capela São Cristóvão (Rod. Marechal Rondon)