Anuncio da prorrogação de R$ 300 do Auxílio deve acontecer hoje

O governo entrou em um acordo sobre valores de pagamentos do novo valor das parcelas do auxílio emergencial, segundo a informações da coluna de Gerson Camarotti, do G1.

Até o momento o programa que foi criado em meio ao isolamento social para instaurar medidas de proteção social e atenuar a crise decorrente da pandemia, paga até cinco parcelas de R$600,00.

Já foi anunciado pelo próprio presidente Bolsonaro que o auxílio será prorrogado até dezembro de 2020, porém não foi divulgado o valor pago nas próximas parcelas.

Com a extensão do auxílio emergencial com parcela de R$300,00 o lançamento do Renda Brasil um programa que deve substituir o Bolsa Família e estava em fase de elaboração pelo Governo Federal através do Ministério da Economia deve ficar em um segundo plano, de acordo com as informações do G1.

Bolsonaro já descartou a proposta enviada pela equipe econômica e está aguardando a nova proposta que deve apresentar novos cálculos ao presidente.O fim do abono salarial já não era da concordância do presidente.

Uma das principais medidas propostas pelo Renda Brasil é o fim dos atuais benefícios, como o abono salarial para ter orçamento para o novo programa.

A expectativa do governo é de que o Renda Brasil pague um valor superior ao que é pago hoje pelo Bolsa Família, que gira em torno de R$ 200.

Até o momento já foi creditado pelo governo federal R$ 87,8 bilhões para os mais de 64 milhões de beneficiários do auxílio emergencial, de acordo com o ministério da cidadania.

Fonte: Jornal Contábil