Anac inicia processo de certificação do carro voador da Embraer

Geral
Anac inicia processo de certificação do carro voador da Embraer 13 fevereiro 2022
Foto divulgação

A Eve, empresa da Embraer que está desenvolvendo um carro voador, entrou com o processo para obter o certificado de Tipo para o seu eVTOL (electric vertical take-off and landing, ou aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical) junto a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Esse tipo de certificação só é emitida quando a o modelo se encontra de acordo com os requerimentos de aeronavegabilidade do país. Geralmente isso significa que o modelo está pronto, só esperando os certificados nacionais e internacionais para a produção em massa.

A Eve, empresa da Embraer que está desenvolvendo um carro voador, entrou com o processo para obter o certificado de Tipo para o seu eVTOL (electric vertical take-off and landing, ou aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical) junto a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Esse tipo de certificação só é emitida quando a o modelo se encontra de acordo com os requerimentos de aeronavegabilidade do país. Geralmente isso significa que o modelo está pronto, só esperando os certificados nacionais e internacionais para a produção em massa.

“A formalização do processo de certificação do eVTOL é um passo importante para a continuidade das discussões que vêm sendo realizadas entre Eve e Anac em direção à certificação do veículo para mobilidade urbana”, aponta Luiz Felipe Valentini, diretor de tecnologia da Eve.

Se obtido, a Eve ainda precisará se aplicar para se certificar junto a outras autoridades aéreas estrangeiras. Para esta etapa, espera-se que a empresa conte com a ajuda da Anac.

A eVTOL da Eve se destina a realizar o transporte de passageiros de ponto da cidade a outro, se comparado a uma espécie de van ou táxi, e não a um carro de passageiro comum, que se destina de uma a cinco pessoas. A ideia é proporcionar uma viagem confortável e com baixa poluição sonora e de carbono.

“Do ponto de vista da regulação há muito trabalho a ser feito, não somente em relação à tecnologia da aeronave, mas na definição de todo ecossistema”, diz Roberto Honorato, superintendente de aeronavegabilidade da Anac.

No final do ano passado, a Eve e a empresa australiana Sydney Seaplanes firmaram uma parceria para iniciar operações de táxi aéreo elétrico utilizando o eVTOL da empresa brasileira na cidade de Sydney. Para isso já foram encomendadas 50 aeronaves, que começaram a ser entregues a partir de 2026.

Fonte: Yahoo Finanças

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento