Qual será o melhor time brasileiro em 2022? Confira as previsões

Esportes
Qual será o melhor time brasileiro em 2022? Confira as previsões 08 janeiro 2022

Temporada deve ser marcada por novas disputas entre Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras

Ano novo, mas velhos favoritos no futebol brasileirão. Protagonistas nas últimas temporadas, Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras largam na frente pelos principais troféus de 2022, seja a nível nacional ou internacional.

Além dos times fortes e já encaixados, as equipes seguem muito bem financeiramente, o que permite manter as altas expectativas e topo dentre as equipes do país.

Atual campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, o Galo está mantendo praticamente o mesmo time para a nova temporada, a exceção do zagueiro Júnior Alonso, vendido para o futebol russo. Como reposição imediata, o clube tenta um jogador à altura e negocia com o experiente Diego Godín, capitão e por anos uma das referências da seleção uruguaia, além de currículo recheado na Europa.

A incógnita, pode-se dizer, está no banco de reservas. Isso porque o técnico Cuca pediu para deixar o clube, alegando problemas pessoais. Para substituí-lo, a diretoria do Galo tem acerto encaminhado junto ao português Carlos Carvalhal, do Braga. Geralmente, pelo histórico do futebol brasileiro, treinadores estrangeiros geram dúvidas acerca do trabalho e resultado. Contudo, com o elenco que dispõe o Atlético-MG, as coisas naturalmente ficam mais fáceis de darem certo. Ainda assim, é possível realizar uma aposta no Galo, na Betnacional apostas esportivas, como favorito aos principais títulos da temporada.

Em relação à manutenção da equipe, o mesmo se aplica ao Palmeiras, atual campeão da Taça da Libertadores, que fortaleceu o elenco com as contratações do volante Jailson, que passou pelo Grêmio. O único ‘porém’ é o fato de o clube ainda não ter contratado um centroavante, principal calo do técnico Abel Ferreira em 2021 – improvisou várias vezes na função, inclusive na decisão continental diante do Flamengo, com Rony.

O treinador português, aliás, deve permanecer normalmente para a temporada. No fim de novembro do ano passado, ele havia deixado o futuro no Verdão em aberto, mas recebeu aumento salarial neste início de 2022 e deve cumprir o contrato até o término da temporada.

Já o Flamengo, continua com Filipe Luís, Everton Ribeiro, Bruno Henrique, Gabigol e forte companhia ilimitada, mas vive expectativa pelo acerto do comando técnico, após insucesso com Renato Gaúcho e fim de ano sem troféus, mesmo chegando entre os primeiros da Copa do Brasil, Brasileirão e Taça Libertadores.

Desta forma, o clube, em um processo minucioso de contatos em Portugal, acertou a contratação do treinador português Paulo Sousa, depois de insucesso na tentativa de retorno de Jorge Jesus.

O Flamengo, entretanto, pouco reforçou o elenco até aqui e aposta na força do conjunto, que deu resultado recentemente, com o bicampeonato nacional. Inclusive, encaminhou a permanência do volante Thiago Maia junto ao Lille, da França.

Outro elenco forte, mas que ainda precisa ajustar o conjunto e está um degrau abaixo da tríade acima é o Corinthians. Reforçado com Renato Augusto, Giuliano, Willian e Róger Guedes desde o segundo semestre do ano passado, o Timão repatriou ainda o volante Paulinho, ídolo do clube no começo da década passada. Coritiba, A

Além disso, busca ainda um centroavante de peso como cereja do bolo para o forte time titular e sonha com Edinson Cavani, do Manchester United, além de Diego Costa, do Atlético-MG. União de estrelas que fica à disposição do jovem técnico Sylvinho, criticado em 2021, mas respaldado pela diretoria.

Já outros clubes tradicionais como São Paulo, Santos e Internacional passam por período de baixas financeiras e não prometem grandes investimentos para a temporada, apostando no trabalho técnico – casos do time paulistano, que mantiveram Rogério Ceni e Fabio Carille, respectivamente, enquanto o Colorado trouxe o técnico uruguaio Alexander Medina, ex-Talleres.

O Fluminense, por sua vez, se reforçou com nomes de peso, como Felipe Melo e Willian Bigode, além do experiente e identificado técnico Abel Braga. Mas ainda não deve estar à altura de Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG. Já o Botafogo tenta se reerguer após o retorno à elite, enquanto Grêmio, Vasco e Cruzeiro entram em 2022 tentando deixar a Segundona.

Fortaleza e Ceará, que vivem plena ascensão – com o primeiro jogando a Taça Libertadores -, além do América-MG, também na eliminatória do torneio continental, e do já consolidado Athletico, tentam surpreender, mas com serenidade e pés no chão – o que fizeram-no chegar ao momento que estão atualmente.

Por fim, Goiás, Atlético-GO, Coritiba, Juventude e Cuiabá entram com foco prioritário em manter-se na elite para, aos poucos, ir galgando passos maiores – como os nordestinos e o coelho mineiro.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento