Piloto francês morre após grave acidente em corrida da Fórmula 2 na Bélgica

Reprodução

O piloto francês Anthoine Hubert, de 22 anos, morreu após um grave acidente na primeira corrida da Fórmula 2 deste fim de semana, na Bélgica. A batida, que envolveu cinco carros logo após a curva Radillon decretou bandeira vermelha e fez a prova ser cancelada na tarde deste sábado. Além disso, a categoria cancelou a segunda corrida do fim de semana.

Enquanto Antoine Hubert e Juan Manuel Correa acabaram se chocando com mais violência, Marino Sato, Ralph Boschung e Giuliano Alesi também se embolaram na batida, mas com menos gravidade.

Segundo comunicado da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Hubert chegou a ser removido de helicóptero para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Correa está no hospital de Liege, em condição estável.

O incidente aconteceu na segunda volta da corrida. Hubert rodou e foi atingido com violência por Correa, provocando uma colisão em T (quando um carro acerta em cheio a lateral do outro). A batida foi tão forte que, além de Correa ter capotado, seus pés ficaram expostos após ter pedido o bico do carro. Ao mesmo tempo, o cockpit de Hubert ficou completamente separado da parte traseira do carro.

Alesi conseguiu seguir mesmo após ao acidente, parando um pouco à frente com danos na traseira do carro. O companheiro Boschung conseguiu retornar aos boxes com um pneu furado. Já Sato, abandonou o carro no local do acidente e retornou andado para o paddock.

A categoria informou momentos após à grave batida que a corrida não será retomada. Mercedes e Ferrari, inclusive, cancelaram as atividades de mídia em função das circunstâncias. Lewis Hamilton chegou a interromper a entrevista que dava no momento do acidente.

Informações do Globo Esporte