Palmeiras joga o básico e vence a Ponte Preta por 1 a 0

Verdão fica na segunda posição do grupo B

Willian Bigode, artilheiro do Paulista com 5 gols – Twitter Oficial SE Palmeiras – @Palmeiras

Na noite do último sábado, 8 de fevereiro, o Palmeiras visitou a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli. Depois da derrota para o Red Bull Bragantino, o vice – campeão brasileiro de 2019 foi até Campinas com um objetivo claro: a vitória.

Para isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo levou a campo o melhor que tinha em mãos. Dessa vez, sem os garotos Gabriel Menino, Gabriel Verón e Patrick de Paula como titulares, Luxa escalou a equipe com os “veteranos”. Destaque para Luiz Adriano e Willian Bigode, que começaram a partida juntos (logo mais falamos deles novamente).

Segundo entrevista do treinador, além de poder contar com jogadores mais experientes para o difícil duelo contra a Ponte, Luxemburgo, com essa formação, já deu mostras do seu time ideal, aumentando o entrosamento de seus “titulares”.

E a ideia do “Pofexô” deu certo. Apesar de perder Marcos Rocha e Ramires, por lesão, no primeiro tempo, que deram lugar a Mayke e Patrick de Paula, respectivamente, o Verdão dominou a 1ª etapa.

Logo aos 5 minutos, Zé Rafael e Dudu fizeram boa jogada pelo lado esquerdo e só não marcaram o gol, pois o zagueiro Trevisan afastou o perigo. Depois, aos 30, Dudu rolou para Lucas Lima que finalizou e exigiu uma bela defesa do bom goleiro Ygor Vinas.

Até que, 3 minutos depois, Luiz Adriano deu passe para Willian (lembra-se da dupla?), que só teve o trabalho de deslocar o goleiro adversário e marcar o único gol da partida. Este foi o 5º gol do Bigode, que se isolou na artilharia do Paulistão.

No segundo tempo, o controle da partida mudou de mãos. Quem passou a executar as ações mais perigosas foram os mandantes, que, puxados pelo bom meia João Paulo, chegavam com perigo ao gol adversário. Foram dele, inclusive, as duas principais chances, ambas defendidas por Weverton.

No mais, os atletas de Gilson Kleina, treinador marcado pelo rebaixamento, em 2012, no próprio Palmeiras, não conseguiram marcar e o Palmeiras saiu vencedor. Com a vitória, o Alviverde chegou a 10 pontos e à 2ª colocação do disputado grupo B.

No próximo domingo, o Palmeiras recebe o embalado Mirassol no Allianz Parque, tentando engatar uma sequência de vitórias. Já a Ponte Preta vai até Itu enfrentar o Ituano, na segunda feira, às 20 horas.