Muito pressionado, Corinthians empata em 1 a 1 com o Ituano

Equipe de Itu abriu o placar com falha de Cássio

Por Giovanni Luque

O torcedor do Corinthians tem muita coisa para se preocupar nesse início de temporada. Os resultados que não chegam, as apresentações da equipe que não são muito convincentes, a falta de qualidade técnica de alguns jogadores e o risco iminente da não classificação. Isso sem falar no perigo – quase remoto – do rebaixamento.

Neste domingo, contra o Ituano, o corinthiano teve mais uma tarde de sofrimento. Sem a presença da torcida, o confronto entre duas das equipes em zona de risco no Paulista, teve um 1º tempo bom e um 2º tempo com poucos lampejos ofensivos, tanto de um lado quanto de outro.

Fato é que ambos os gols ocorreram nos primeiros 45 minutos. Aos 14, o lateral Breno Lopes recebeu passe na esquerda e levantou na área. Porém, o cruzamento, venenoso, teve o endereço do gol e o goleiro Cássio, ao tentar alcançar a bola, falhou e sofreu o gol. Essa e uma cabeçada de Taliari, aos 3 minutos, foram as únicas chances do Galo na 1ª etapa.

Se o Rubronegro de Itu só chegou duas vezes, o Alvinegro martelou. Everaldo, Boselli, Cantillo e Yony González, aos 18, 27, 36 e 37 minutos, respectivamente, pararam em lindas defesas do goleiro Edson. O único que conseguiu vencê – lo foi Luan, aos 46, que finalizou bonito após boa tabela com Everaldo.

Na 2ª etapa, como dissemos acima, o jogo esfriou. Boselli, em cabeçada para fora, foi o autor da única chance que assustou o Ituano. Do outro lado, o botucatuense Baralhas e Pacheco, aos 25 e 26, exigiram intervenções de Cássio. Mas foi só.

O Timão controlou a partida, somando 63% de posse de bola. Porém, foi pouco efetivo, finalizando 10 vezes longe da meta. Pra quem precisa, urgentemente, somar pontos, mostrar um bom futebol deve ser a principal meta.

Na próxima rodada, ainda sem data definida, o Corinthians tem clássico contra o Palmeiras, na Arena Corinthians.