Morre aos 75 anos Coutinho, ídolo do Santos e famoso parceiro de Pelé

Foto Santos Futebol Clube

O ex-jogador de futebol Coutinho, que jogou no Santos Futebol Clube, foi campeão da Copa do Mundo pela Seleção em 1962 e fez uma famosa dupla de ataque com Pelé, morreu na noite desta segunda-feira (11), aos 75 anos, em Santos, no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria do clube santista.

Segundo familiares, Coutinho tinha diabetes. Por causa da doença, teve três dedos do pé esquerdo amputados. Em janeiro, chegou a ser internado em um hospital em Santos. Informações sobre o velório vão ser divulgadas em breve, informou o clube.

Nascido Antonio Wilson Honório em Piracicaba, no interior paulista, em 11 de junho de 1943, Coutinho formou com Pelé uma das maiores duplas de ataque da história do futebol. Atuaram juntos nas décadas de 1950 e 1960.

A famosa linha de frente do Santos, que foi bicampeão da Libertadores do Mundial em 1962 e em 1963, era formada ainda por Dorval, Melgálvio e Pepe. Pelo clube, ganhou ainda cinco títulos brasileiros e seis paulistas.

Coutinho disputou 457 partidas pelo Santos, em duas passagens (1958/1967 e 1969/1970), e marcou 368 gols – é o terceiro maior artilheiro da história do time. Estreou em 17 de maio de 1958, quando tinha 14 anos. Foi o atleta mais novo a vestir a camisa da equipe profissional do Peixe. Defendeu ainda Vitória, Portuguesa, Bangu, Saad e Atlas (do México).

Em dois posts no Twitter, o Santos lamentou a morte de Coutinho. “A pequena área perdeu um dos seus professores”, diz a primeira mensagem.

Uma segunda postagem diz: “Nesse momento de imensa tristeza, o que nos fará lembrar eternamente de Coutinho são suas glórias, gols e histórias marcantes. Como neste vídeo que conta sobre sua trajetória na carreira até a Copa do Mundo. Fique em paz, Coutinho!”

Leia, abaixo, nota divulgada pelo Santos Futebol Clube:

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de Antônio Wilson Vieira Honório, o eterno ídolo Coutinho, aos 75 anos de idade.

Coutinho é o terceiro maior artilheiro da história do Peixe, com 368 gols em 457 partidas pelo clube. O craque formou a parceria mais icônica da história do futebol ao lado de Pelé.

O eterno ídolo nasceu no dia 11 de junho de 1943, na cidade paulista de Piracicaba. Com a camisa do Alvinegro Praiano, Coutinho conquistou seis títulos paulistas, cinco brasileiros, duas Libertadores e Mundiais de Clubes. Já com a Seleção Brasileira, ele foi campeão mundial em 1962”.

Fonte: Portal G1