HCFMB oferecerá suporte médico e nutricional para equipe de paratletas de natação

Esportes
HCFMB oferecerá suporte médico e nutricional para equipe de paratletas de natação 14 fevereiro 2022

Objetivo da parceria é contribuir com a manutenção dos resultados dos esportistas

Uma parceria permitirá que um time de paratletas de natação receba atendimento especializado de médicos e nutricionistas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB). O acordo foi selado entre o Hospital, por meio do Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional, e o Clube Ferroviária-Naurú, que possui nadadores com diferentes índices de resultados, incluindo medalhistas olímpicos.

“Vamos fazer o acompanhamento da avaliação corporal e da força dos atletas”, explica a docente da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB|Unesp) e colaboradora do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) Drª. Paula Schmidt Azevedo Gaiolla. De acordo com a especialista, a ideia inicial é que a cada dois ou três meses os profissionais de saúde do Hospital realizem a ação.

“É muito gratificante poder contribuir com time de técnico e atletas brilhantes e empenhados em buscarem seus melhores resultados”, disse Drª. Paula.

Na manhã do dia 20 de janeiro, a equipe do Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional realizou os primeiros testes com 11 nadadores na Associação Atlética Ferroviária (AAF) – parceira do projeto.

O técnico da equipe de paratletas de natação, Antônio Luiz Duarte Cândido, explica que o objetivo da parceria é contribuir com a manutenção dos resultados dos esportistas e “estruturar um projeto desportivo de natação no município de Botucatu”.

No final do ano passado, o time paralímpico de natação do Clube Ferroviária-Naurú perdeu apoio de parceiros e surgiu a necessidade de estabelecer novos vínculos. Luiz visitou algumas cidades da região de Botucatu e, por intermédio de uma treinadora de natação da cidade (Amanda Campolin), foi feito contato com o Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional do HCFMB com a finalidade de receber o apoio da estrutura.

Pela parceria, o HCFMB disponibilizará médicos e nutricionistas que acompanharão os nadadores com exames de sangue, avaliação cardiológica e desenvolvimento de protocolos que potencializem os resultados nas competições estaduais, nacionais e internacionais de natação.

Medalhistas paraolímpicas

A nadadora capixaba Patrícia Pereira dos Santos, 44 anos, medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2021, explica que em toda sua trajetória de atleta nunca teve uma estrutura como a que está sendo oferecida agora. “Sinto-me privilegiada”, diz. Para ela, o trabalho do Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional do HCFMB será um diferencial para seus resultados nas águas.

Para a nadadora potiguar Cecília Kethlen Jerônimo de Araújo, 23 anos, medalha de prata nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2021, a expectativa é que 2022 seja um ano com bons resultados. Segundo ela, as ações do Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional do Hospital farão diferença. “Cada atleta tem sua peculiaridade e, trabalhando de forma mais profunda com cada um, vejo que isso trará uma grande melhora no desempenho esportivo”, finaliza.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento