Com atuações tecnicamente fracas, Ferroviária e Palmeiras ficam no zero a zero na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara.

Giovanni Luque

Felipão durante o jogo na Fonte Luminosa – Foto Twitter SE Palmeiras – @Palmeiras

Felipão, técnico do Palmeiras, por possuir um grande elenco e, assim, ter a possibilidade de conseguir montar as mais diversas escalações, entrou em campo com um time muito diferente do da última partida. No total, foram 9 mudanças em relação à equipe que enfrentou o Bragantino, na penúltima rodada do Paulistão.

Por conta desse rodízio para descansar os atletas (os únicos que se mantiveram entre os titulares desde o último jogo foram Dudu e Borja), esperava – se um time bastante presente no ataque e que propusesse o jogo, mesmo estando fora de casa. Mas não foi isso que aconteceu.

Na primeira etapa, o Verdão chegou ao gol, com perigo, em 3 oportunidades, porém o goleiro Tadeu parou as investidas de Borja e Luan. Já no fim do primeiro tempo, Dudu achou Carlos Eduardo sozinho dentro da área, mas o atacante, que não estava em um bom dia e errava tudo o que tentava, perdeu a oportunidade de abrir o placar.

A equipe de Araraquara, ao contrário do Porco, se mostrava bastante tranquila com o resultado e só foi assustar a torcida palmeirense no final do primeiro tempo, em um chute de longa distância do volante Rodrigo Uchôa, que obrigou Jaílson a fazer uma bonita defesa. No mais, a Ferrinha apenas trocava passes despretensiosos, procurando manter a bola consigo e conseguiu, pois, no final do jogo, saiu de campo com 57% da posse.

No segundo tempo, o principal destaque foi a estreia da principal contratação do Palmeiras para essa temporada, o meia atacante Ricardo Goulart. Vindo de 4 temporadas no futebol chinês, onde atingiu a marca de 103 gols em 157 jogos defendendo o Guangzhou Evergrande, o jogador ainda não está 100% e, assim como seu time no segundo tempo, não teve uma atuação de destaque.

O resultado refletiu o desempenho das equipes e podemos dizer que o zero a zero era, realmente, o placar mais justo para esse embate.

Na próxima segunda-feira, a Briosa recebe o Oeste em casa para se manter na zona de classificação do grupo C. Já o Palmeiras, que é líder do Grupo B, tem o clássico contra o Santos de Sampaoli no próximo sábado, dentro do Allianz Parque.

Giovanni Luque é colaborador do Acontece Botucatu