Campões olímpicos de vôlei estarão neste domingo, 29, na AAB

Três campeões olímpicos pela seleção brasileira de vôlei estarão visitando a Associação Atlética Botucatuense (AAB) neste domingo, dia 29. Lucão, Serginho e Lipe serão as atrações principais da atividade que faz parte da programação das comemorações do centenário do clube a partir das 10h30.

Ambos vão prestigiar e dar o saque inicial de uma partida amistosa envolvendo as equipes do Vôlei 10 sub-20 e Amigos da AAB. Além disso, os jogadores estarão participando de um bate-papo e sessão de autógrafos e fotografias com os sócios do clube. Crianças de um projeto social desenvolvido pela Escola Cristã, coordenado pelo ex-jogador e técnico da AAB, Kalé, também estarão presentes.

Aliás, foi a amizade com Kalé, que já defendeu as seleções brasileira e japonesa, que facilitou a presença dos craques na AAB. Lipe e Lucão atuam no Sesi-SP e participam da final da Superliga 2017/2018 contra o Sada/Cruzeiro. “Eu estarei participando desta grande festa que tem como responsável meu parceiro Kalé. Espero a presença de todos”, disse o líbero Serginho. A entrada é franca para aos sócios e pede-se (opcional) a doação de 1 kg de alimento não perecível. Não sócios pagam R$ 10,00 mais 1kg de alimento não perecível.

Lucão –

Tem 32 anos e defende o Sesi-SP nesta temporada. Passou por vários clubes brasileiros e o Módena, da Itália. Tem quatro títulos da Superliga, e um da Liga e Copa Italiana, entre vários outros títulos estaduais. Pela seleção, foi campeão Mundial, Sul-americano, Panamericano e da Liga Mundial. O principal título é o das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Serginho –

Aos 42 anos, Serginho defendeu o Corinthians- Guarulhos nesta temporada. Seu currículo e dar inveja a qualquer atleta profissional. Tem duas medalhas de ouro (Antenas e Rio de Janeiro) e duas de prata (Pequim e Londres) em Olimpíadas.

Lipe –

Campeão nos Jogos Rio 2016 e no Pan-Americano de Guadalajara 2011, além de medalha de prata na Liga Mundial em Mar del Plata em 2013 e no Campeonato Mundial na Polônia em 2014, o ponteiro, agora aos 32 anos, retornou no ano passado ao Brasil para defender o Sesi-SP.