Campeonato de Judô integra mais de 70 crianças na Obra Madre Marina Videmari em Botucatu

Uma grande integração social. Assim podemos descrever o Festival de Judô realizado neste sábado, 07, na Obra Madre Marina Videmari, em Botucatu.

No Local funciona um polo da Associação Sol da Cuesta, que dá aula de Judô para diversas crianças. O projeto, que ensina a arte para 22 assistidos, é mantido por um grupo de empresários da cidade.

O campeonato reuniu não apenas alunos do projeto, mas também crianças da Escolinha Espaço Elo/La Salle e um projeto de Judô em Avaré, todos com a coordenação técnica do Sensei Sérgio Lex. No total mais de 70 crianças competiram em um evento que reuniu diversas famílias.

A festa foi completa, pois todos os pequenos competiram, ganharam medalhas e participaram de um delicioso lanche oferecido após o evento. O resultado da integração de Judô não poderia ser melhor, crianças unidas através do esporte. 

O Projeto Sol da Cuesta

O Projeto Sol da Cuesta ensina Judô para diversas crianças. Só no polo na Obra Madre Marina Videmari são 22 alunos e em breve os trabalhos serão ampliados para mais de 40 alunos.

Essa ação com o Judô é mantida por um grupo de empresários e comerciantes da cidade. As aulas são coordenadas pelo Sensei Sérgio Lex, que tem larga experiência internacional na modalidade.

“O que nós queremos oferecer para essas crianças com o Judô é a disciplina, coordenação, entre outros benefícios que esse esporte traz. Então, duas vezes na semana, oferecemos o Judô, aqui nesse polo para os alunos assistidos por essa obra social tão importante em Botucatu”, disse Vicente Ferraudo, Presidente da Associação Sol da Cuesta.

O Projeto está aberto para novos parceiros, sejam pessoas físicas ou jurídicas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 9 9786-6441.