Botucatuense Ronaldo Chaves é campeão mundial de jiu-jitsu em Las Vegas – EUA

 

O esporte de Botucatu tem muitos motivos para comemorar neste final de mês. Grande celeiro de bons lutadores de jiu-jitsu, a cidade conheceu na madrugada desta sexta-feira, 24, seu primeiro campeão mundial da modalidade. Ronaldo Chaves, da equipe Checkmat MM faturou a competição na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, na categoria “absoluto”. Em seu peso, o botucatuense acabou ficando com a segunda colocação.

Participando pela segunda vez do Masters International IBJJF Jiu-Jitsu Championship, uma das mais importantes e valiosas competições da modalidade em todo mundo, o botucatuense sabia que sua tarefa este ano não seria fácil. Somente em sua categoria de peso, eram outros 48 competidores, sendo que oito deles, com títulos mundiais em seus currículos. O desafio era grande e Chaves se manteve firme eliminando um a um de seus adversários até chegar à final da competição, onde acabou derrotado pelo experiente Antônio Sérgio Zimmermann Cardoso, duas vezes campeão mundial e 11 vezes campeão europeu.

Na categoria absoluto, que é sem limite de peso, mais sorte ao botucatuense. Novamente Ronaldo Chaves enfrentou atletas com currículo invejável e vitorioso. Concentrado na disputa, chegou novamente à final da competição após vencer por apenas uma vantagem um dos melhores lutadores da categoria, o também brasileiro, Fábio Leopoldo. Na final, contra o norte-americano, Luke Harris, a redenção com uma luta perfeita e concluída com uma chave de perna.

Fim do sonho e início da realidade. Ronaldo Chaves era confirmado como campeão mundial da sua categoria. “Não tem como não passar um filme pela minha cabeça de todo o trabalho para conseguir chegar até essa competição. Agradecer a Deus, ao meu professor Maurício Maletta, a todos os alunos e companheiros de treino que me ajudaram nos treinamentos, comprando minhas rifas, participando dos semanários. É uma sensação única. Estou em êxtase e sei que ninguém consegue nada sozinho. Minha gratidão com todos que torceram, me apoiaram e me ajudaram é imensa”, comenta o lutador.

Para participar da competição em Las Vegas, o botucatuense contou com o apoio da Koral Fight, COZ – Ozônio, Carol Bernardino – Nutrição Esportiva, Edir Nobre – Quiropraxia, Redline Personal, Checkmat Maurício Maletta e Mundo Verde Botucatu. “Nossos atletas precisam de mais atenção e mais carinho por parte das nossas empresas. Investir em um atleta e levar sua marca para os quatro cantos do mundo em uma atividade que só traz benefícios. Esse apoio é fundamental para que mais botucatuenses tenham a oportunidade de chegar onde eu cheguei”, finaliza o competidor.

Recentemente o botucatuense começou a figurar entre os 10 melhores lutadores do Brasil no Ranking da Federação Brasileira de Jiu-Jitsu. Com a conquista internacional, seu nome deve ganhar algumas posições na lista e não será surpresa se Ronaldo Chaves aparecer entre os três primeiros nomes do país em sua categoria.