Revista internacional escolhe docentes do IB de Botucatu para compor corpo editorial

Os professores Luís Fernando Barbisan e Wellerson Scarano, do Instituto de Biociências da Unesp Botucatu, foram selecionados para fazer parte do corpo editorial da Revista Environmental Toxicology. Este importante periódico publica artigos das áreas de toxicologia geral e ambiental.

Barbisan atuará como editor associado para a América do Sul e Central com função de gerenciar trabalhos científicos submetidos à revista, escolhendo potenciais revisores e avaliando pareceres de aceite ou não dos mesmos. Já Scarano atuará como revisor de trabalhos submetidos à revista e como consultor para os editores associados. Ambos já haviam atuado como revisores e publicado artigos neste mesmo periódico.

“Para pesquisadores brasileiros, que enfrentam uma série de dificuldades e obstáculos para fazer pesquisa no nosso País, é uma honra e um reconhecimento muito grande ser indicado para compor o corpo editorial de uma revista de projeção internacional”, diz Barbisan.

“Foi uma honra ter sido indicado para constituir o corpo editorial da Environmental Toxicology. Trata-se de um reconhecimento pelas pesquisas que temos desenvolvido aqui no Brasil, mesmo com dificuldades estruturais e financeiras. Além disso, enxergo essa indicação como uma oportunidade para ampliar meus conhecimentos e fazer novas colaborações em nível nacional e internacional”, complementa Scarano.

A Environmental Toxicology é administrada pela editora norte-americana John Wiley & Sons, Inc..Ela ocupa a 24ª posição (entre as 91 revistas de Recursos Aquáticos); 47ª (entre as 93 revistas de Toxicologia) e a 103ª (entre as 250 revistas de Ciências Ambientais).

Pesquisadores interessados em publicar trabalhos científicos na Environmental Toxicology devem seguir as normas da revista e submeter seu trabalho via online.