Prefeito recebe aluno medalhista da Olimpíada Brasileira de Matemática

Os estudantes de Botucatu fizeram bonito neste ano durante a 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Pelas escolas municipais, onze alunos receberam Menção Honrosa por se destacarem na prova nacional.

O estudante Henrique Kruppa de Menezes Cury Ramos, do Colégio ADV, levou o nome de Botucatu mais adiante. Ele conquistou o terceiro lugar no nível II (que reúne estudantes do Ensino Médio) das escolas particulares. O destaque foi reconhecido pela Câmara dos Vereadores, através de uma moção de congratulações da vereadora Jamila Cury.

O Prefeito Mário Pardini recebeu Henrique em seu gabinete e destacou a dedicação do aluno.

“É uma honra muito grande para Botucatu ver um estudante se destacando em uma Olimpíada concorrida e que reúne jovens do Brasil inteiro. Eu conheço a família do Henrique e sei que ele é muito dedicado, com certeza ele conquistará mais prêmios em sua vida”, destacou o Prefeito Pardini.

“O Henrique é meu sobrinho e fico muito emocionada, como vereadora, poder homenageá-lo desta forma. Quando eu perdi meu filho, fui agraciada em poder ser sua madrinha de batismo e posso dizer que este foi o maior presente que ganhei. Ele é um orgulho para toda a família”, afirmou a Vereadora Jamila.

Além da OBMEP, Henrique já foi destaque em outras competições de matemática entre escolas particulares.

“Eu sempre gostei muito de matemática, mas nunca imaginei que conseguiria me destacar na Olimpíada. Quando decidi participar, não esperava o prêmio. Foi uma surpresa muito boa para mim”, contou o estudante Henrique.

A premiação e entrega de certificados aos participantes da OMBEP será realizada em 2018, em data a ser definida pela organização do evento.

Destaques municipais

Nas escolas municipais, Botucatu teve onze destaques que receberão Menção Honrosa da OBMEP. Da Escola Municipal “Dr. João Maria de Araújo Junior”, nove  alunos se classificaram, sendo cinco do Nível I: Aimê Zanella Machado, Camille Mikaelly Destro de Souza, Danilo Azzem João de Lima, Guilherme Dias Gimenez e Leonardo Rocha de Lima; e quatro alunos do Nível II: Gustavo Argentim Flausino, Isaac Reis de Souza,  Ricardo Juncom Codello e Ryan Pereira Chaves.

Já da Escola Municipal “Jonas Alves de Araújo”, dois alunos se classificaram no Nível I: Gabriel Nogueira dos Santos e Kaiki de Macedo.

Sobre a OBMEP 

Destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

A olimpíada é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).