IBB da Unesp promove Festival de Vídeos de Divulgação Científica em Botucatu

A Agência de Divulgação Científica e Comunicação (AgDC) do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu (IBB), promove a primeira edição do Festival Elevator Pitch IBB (discurso de elevador), que corresponde a um modo breve de transmitir conhecimentos sobre um assunto, de modo atraente, simples e eficaz. Assim, valoriza a criatividade, inovação e empreendedorismo voltados à divulgação do que se realiza na Universidade para a sociedade. Inscrições podem ser feitas até o dia 8 de outubro pelo link: https://www.even3.com.br/festivalelevatorpitchibb

O Festival Elevator Pitch IBB refere-se à produção de vídeos de curta duração, em uma linguagem acessível a todos, incluindo a população leiga, para ampliar a divulgação das atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas por estudantes do IBB/Unesp. Este também visa incentivar a capacidade dos estudantes de transpor a linguagem acadêmica para a coloquial.

A Profa. Adriane Wasko, coordenadora da Agência de Divulgação Científica e Comunicação (AgDC), explicou um pouco sobre a ideia do “discurso de elevador”: “Imagine que você entra em um elevador, dá de cara com uma pessoa que não é da área acadêmica e ela te pergunta o que você faz. Você vai abrir um power point e dar uma palestra? Claro que não! O tempo em que o elevador sobe ou desce até onde você vai, é o tempo que tem para contar, de forma simples, cativante e super rápida, o que você desenvolve na universidade. E pronto! Você faz um elevator pitch!”.

Podem participar alunos de graduação e pós-graduação do IBB, que devem contar, em um vídeo de até 3 minutos, seus projetos de pesquisa, ensino ou extensão. O objetivo é que os vídeos gerados possam levar para a população em geral o que se faz na universidade. Esta é uma iniciativa de expandir as ações de divulgação científica que a AgDC já vem desenvolvendo e também fazer com que os estudantes vejam que existem outras maneiras de divulgar seus projetos e resultados, além da publicação de artigos científicos. É ainda uma maneira de eles treinarem a sua capacidade de transpor a linguagem acadêmica para a coloquial.

Segundo a professora Adriane, os vídeos de elevator pitch podem ter outro resultado. “Já pensou se você e seu projeto inspirarem outras pessoas, especialmente os jovens de nosso país, a ingressarem na universidade e, quem sabe, se tornarem também cientistas?”, finalizou.

Todos os participantes receberão certificado de participação e os estudantes que produzirem os melhores vídeos receberão certificado de honra ao mérito e livros. Além disso, os primeiros colocados de cada uma das categorias, graduação, mestrado e doutorado, serão também contemplados com um prêmio no valor de R$ 1.000,00.

O Edital completo, com as regras, pode ser acessado na plataforma Even3 ou em:

https://drive.google.com/file/d/1A5E9-FR-Ewt5EjkLrKXtTkehVczslhqP/view?usp=sharing