Escolas Municipais registram maior pontuação da história de Botucatu no IDEB

Botucatu alcançou sua maior pontuação da história no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB, calculado pelo Ministério da Educação, que leva em conta a taxa de aprovação das escolas e as médias de desempenho dos alunos em uma avaliação de matemática e português, a Prova Brasil. A informação foi divulgada nesta terça-feira, dia 04.

Em 2017, quando a prova foi realizada e quando o investimento da Prefeitura na Educação ultrapassou os R$ 100 milhões, referentes a pouco mais de 26% do orçamento municipal, o Município ultrapassou as metas estabelecidas pelo IDEB tanto com as escolas de Ensino Fundamental I, quanto com as de Ensino Fundamental II.

No exame realizado nas classes do 5º ano do Ensino Fundamental I, a média alcançada foi de 6,6 pontos, acima dos 6,3 estabelecidos como meta pelo IDEB e dos 6,4 pontos alcançados em 2015, ano da prova anterior. Nas classes do 9º ano do Ensino Fundamental II, a pontuação das escolas municipais foi de 5,3 pontos, índice maior do que o planejado pela avaliação, que era 5,1 e maior do que os 4,7 pontos de 2015.

“Foram várias ações que levaram a esse resultado, por exemplo, a aplicação frequente de simulados, que trazem os alunos para uma situação real de avaliação, aproximando às condições de aplicação da Prova Brasil e outras avaliações no decorrer da vida de qualquer estudante”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

“Intensificamos a formação continuada dos professores da Rede Municipal e avaliamos rotineiramente, com o Secretário de Educação e toda equipe, o desempenho dos alunos nos simulados, aplicando correções necessárias na metodologia de ensino”, completa o Prefeito.

A Escola Angelino de Oliveira, localizada na Vila Antártica, foi a com melhor resultado dentre as instituições municipais do Ensino Fundamental I, alcançando 7,6 pontos na avaliação dos quintos anos. Para os alunos dos nonos anos, a melhor média foi da Escola João Maria de Araújo Júnior, na Vila Aparecida, com índice de 5,7 pontos.

“Outro ponto importante para esse resultado é que intensificamos o acompanhamento preventivo contra a evasão escolar, envolvendo inclusive a família nesse processo. O trabalho é realizado por coordenadores e supervisores escolares, além de um assistente social”, explica Valdir Paixão, Secretário Municipal de Educação.

Ações suplementares completam as melhorias que fizeram a diferença nesse resultado histórico, como a retomada da entrega de uniformes para todas as crianças da Rede Municipal, que dá mais dignidade e igualdade dentro das escolas, além do cuidado com a qualidade da merenda e transporte escolar eficiente.

“Com as oito escolas de tempo integral que já asseguramos e que, em parte, já começamos a construir na Cidade, tenho certeza que os próximos resultados do IDEB serão ainda melhores. A Escola de Tempo Integral é um formato que nos garantirá reforçar ainda mais o nosso ensino e oferecer mais qualidade para nossas crianças aprenderem”, finaliza o Prefeito Pardini.