Educação quer reduzir em 30% o consumo de água, energia e telefonia em escolas municipais

A Secretaria Municipal de Educação lançou um desafio aos gestores da Rede Municipal de Ensino: reduzir em 30% o consumo de água, energia e telefonia. A redução será feita por meio de parceria com o Departamento de Controladoria do Município e a Sabesp, com práticas de economia que fazem parte das orientações do Prefeito Mario Pardini a todos os gestores de repartições municipais.

O projeto de redução de gastos foi apresentado nesta sexta-feira, 25, por Gilberto Mariotto, responsável pelo Departamento de Controladoria da Prefeitura. A ação envolverá todas as escolas da Rede Municipal e tem como objetivo buscar, junto às unidades de ensino, estratégias para o consumo consciente de água, energia e telefonia, bem como reduzir gastos e, consequentemente, propor economia à gestão de contas públicas da Secretaria de Educação.

Entre as frentes de atuação está o acompanhamento diário do consumo de água e energia, com um trabalho de conscientização com as escolas, mostrando histórico de consumo dos últimos meses e ações corretivas sobre resultados negativos ou poucos satisfatórios.

“Contamos com o empenho e comprometimento de todos os nossos gestores nesta ação, para que eles analisem os números e verifiquem as causas do desperdício, adotem práticas diárias e constantes visando à redução dos custos. Com esta economia, nosso principal objetivo será investir em outras áreas necessárias para as nossas escolas”, informou o Secretário de Educação, Valdir Paixão.