Educação promove capacitação sobre manipulação de alimentos

 

Falhas associadas à manipulação da comida são consideradas a terceira principal causa de doenças transmitidas por alimentos, perdendo apenas para problemas no controle da temperatura de preparo e conservação e na qualidade da matéria-prima.

Neste sentido e pensando no bem estar dos alunos, a Secretaria Municipal de Educação capacitou aproximadamente 150 servidores, entre funcionários da merenda escolar, creches, merendeiros das escolas municipais e estaduais quanto à manipulação de alimentos.

A capacitação é realizada anualmente para reforçar questões de segurança alimentar e boas práticas no ambiente e o foco principal é treinar os manipuladores que trabalham diretamente com os alimentos que são fornecidos aos alunos.

“A maioria dos colaboradores tem uma noção de como manipular os alimentos. Algumas vezes, certas determinações caem no esquecimento, ou então há grande rotatividade de funcionários e colaboradores, que não têm experiência de trabalho em cozinha. Estas capacitações servem para reforçar os cuidados que se devem ter na produção e manipulação dos alimentos, que na maioria das vezes são produzidas em grande escala”, explicou Francine Sobral Canal, nutricionista da empresa Biotec Indústria e Comércio de Alimentos, responsável pela capacitação.

A Cozinha Piloto de Botucatu é responsável pelo preparo de aproximadamente 22 mil refeições, todos os dias, para 78 instituições da Cidade, como escolas municipais, estaduais, creches e projetos sociais.