Cursos do IB/Unesp Botucatu recebem 4 e 5 estrelas pelo Guia do Estudante 2018

 

Três cursos oferecidos pelo Instituto de Biociências (IB) da Unesp – câmpus de Botucatu foram classificados como “Excelentes” pelo Guia do Estudante – Profissões Vestibular 2018, que passa a circular nas bancas a partir do dia 16 de outubro, publicação da Editora Abril especializada no Ensino Superior. Ciências Biológicas (modalidade Bacharelado), Ciências Biomédicas e Nutrição obtiveram conceito cinco estrelas. Enquanto que Ciências Biológicas (modalidade Licenciatura) e Física Médica obtiveram quatro estrelas, avaliados como “Bom”.

Diferentemente dos processos anteriores, este ano o curso Ciências Biológicas, modalidade Licenciatura (período noturno e integral) foi avaliado separadamente, recebendo um conceito único. Para compor a avaliação do Guia do Estudante, os coordenadores dos cursos de Graduação do Instituto de Biociências ainda preencheram um questionário específico, que considerou três pilares básicos: Corpo Docente, Projeto Pedagógico e Infraestrutura do Curso. As informações levantadas mostraram-se de extrema importância na emissão do parecer efetuado pelos avaliadores constituídos pela Editora Abril.

A direção do Instituto de Biociências entende que a classificação dos cursos é resultado da competência e dedicação de seus segmentos docente, discente e técnico-administrativo, aliada à sua infraestrutura de ensino e participação efetiva da comunidade nas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária. “Outro fator de importância é que os cursos do Instituto de Biociências têm sido avaliados na excelência há muitos anos, o que demonstra também sua consolidação no cenário universitário nacional e internacional”, complementa o diretor do IB/Unesp Botucatu, prof. César Martins.

Testemunho de uma ex-aluna

Muriel Siqueira fez parte da sexta turma de graduação de Nutrição, formada em 2008. Hoje, aos 33 anos, já é docente do curso de Nutrição em uma universidade de Piracicaba, além de coordenadora em uma segunda instituição de ensino de Limeira. Mas ela afirma que ter se formado no IB da Unesp só trouxe vantagens.

“O grande diferencial era cursar o período noturno e ter tantas opções de estágios durante o dia, principalmente com o hospital da FMB, além de outros polos de saúde na cidade. Quando você está nessa instituição o sentimento de pertencimento é muito forte, quase inexplicável. Os professores são muito próximos e a estrutura da faculdade (tecnologia, pesquisa, extensão, ensino e eventos culturais) faz da Unesp Botucatu um local único e mágico. Tenho certeza que se sentir feliz na faculdade faz o aproveitamento ser gigantesco e isso só contribui ao nosso sucesso como futuros profissionais”, testemunha.

Sobre o IB

O Instituto de Biociências, unidade universitária da Unesp, integrante do câmpus de Botucatu, teve sua origem na antiga Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (FCMBB), instituto isolado de ensino superior do Estado de São Paulo, criado pela Lei Estadual nº 6860 de 22 de julho de 1962. Em 1976, por meio da Lei Estadual nº 952 de 30 de janeiro, instituiu-se a Unesp. Desmembrou-se a FCMBB em quatro unidades, entre elas o Instituto Básico de Biologia Médica e Agrícola (IBBMA), que desde 20 de outubro de 1987, passou a ser denominado Instituto de Biociências de Botucatu (IBB) e está localizado no câmpus do distrito de Rubião Júnior.

O potencial da Instituição, com 151 docentes e 183 servidores técnico-administrativos, é reforçado pelos sete programas de Pós-Graduação (Mestrado/Doutorado), muito bem avaliados pela CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior: Biologia Geral e Aplicada, Biometria, Biotecnologia, Ciências Biológicas (Botânica), Farmacologia e Biotecnologia, Ciências Biológicas (Genética), Ciências Biológicas (Zoologia). Mais de 1.000 alunos se encontram matriculados nos cursos de graduação da instituição e 407 discentes integram os programas de Pós-Graduação.

Além dos seus 13 departamentos de ensino (Anatomia, Bioestatística, Botânica, Educação, Farmacologia, Física e Biofísica, Fisiologia, Genética, Microbiologia e Imunologia, Morfologia, Parasitologia, Química e Bioquímica e Zoologia), possui três unidades auxiliares (Centro de Assistência Toxicológica – Ceatox; Centro de Isótopos Estáveis – CIE; e o Centro de Microscopia Eletrônica – CME).

O IBB possui um Jardim Botânico, com área total de 184.860 m2, onde são onde são realizados projetos educacionais para escolas da região e para a comunidade. Para fomentar e auxiliar a viabilização dos seus projetos a faculdade conta com uma Fundação (Fundibio), cujo objetivo principal é apoiar a gestão financeira de projetos e demais atividades acadêmico-científicas desenvolvidas na unidade.

O Instituto de Biociências é responsável, ainda, pelo auxílio na graduação de 800 alunos das demais unidades da Unesp instaladas em Botucatu (Faculdades de Ciências Agronômicas, de Medicina e de Medicina Veterinária e Zootecnia), onde seus docentes são responsáveis pelas disciplinas básicas.