Cerca de 33 mil presos paulistas farão Enem e Encceja

 

Arquivo Acontece Botucatu

O mês de dezembro marca, além do final do ano, a possibilidade de uma virada por meio da educação para pessoas presas: nos dias 12 e 13 de dezembro, reeducandos de todo o estado farão o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL); já nos dias 19 e 20, é vez de prestarem o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Só nas unidades prisionais administradas pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), 33.006 presos se inscreveram para fazer as provas: foram 10.976 para o Enem PPL e 22.030, para o Encceja.

Tanto o Enem PPL quanto o Encceja são realizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). São exigidos os mesmos conteúdos do exame feito para as pessoas que estão em liberdade. A diferença é o local da aplicação da prova, que neste caso é realizada nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional de cada unidade federativa do Brasil.

Diferentes de anos anteriores, a partir de 2017 o Enem não pode ser mais utilizado como certificação de conclusão do ensino médio.  Esse papel voltou a ser exercido pelo Encceja, que prevê a certificação no nível de conclusão do ensino fundamental e ensino médio. Nos presídios administrados pela SAP, 11.037 presos farão as provas do Encceja para certificação no ensino fundamental e 10.993, para certificação no ensino médio.

Para a preparação deste ano, a maioria das unidades prisionais participantes têm grupos de estudo coordenados por monitores da Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (Funap) e por professores das escolas vinculadas – desde 2013 o ensino nos presídios é oferecido por professores da rede pública, através de parceria com a Secretaria de Estado da Educação. Atualmente, mais de 35 mil presos estudam entre o ensino formal e não formal (cursos profissionalizantes, extracurriculares, atividades complementares) em todo o estado.

Unidades Prisionais
Total Insc.
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE BAURU “ASP FRANCISCO CARLOS CANESCHI”
95
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE CERQUEIRA CÉSAR
100
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE ITATINGA
140
 CPP I  DE BAURU “Dr. ALBERTO BROCCHIERI”
135
CPP II DE BAURU “EDUARDO DE OLIVEIRA VIANNA”
150
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO “DR. MAURO DE MACEDO”, DE AVARÉ
46
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE JAÚ “ Dr. JOÃO EDUARDO FRANCO PERLATI”
91
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE LINS  “Dr. MANOEL CARLOS MUNIZ”
101
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE MARILIA
36
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE OURINHOS
74
PENITENCIÁRIA DE ÁLVARO DE CARVALHO “VALENTIM ALVES DA SILVA”
110
PENITENCIARIA COMPACTA DE AVANHANDAVA
120
PENITENCIÁRIA DE AVARÉ II “NELSON MARCONDES DO AMARAL”
100
PENITENCIÁRIA DE BALBINOS I “RODRIGO DOS SANTOS FREITAS”
100
PENITENCIÁRIA II de BALBINOS “Penitenciária Gilmar Monteiro de Souza”
105
PENITENCIÁRIA DE BERNARDINO DE CAMPOS
100
PENITENCIÁRIA DE CERQUEIRA CESAR
152
PENITENCIARIA DE GETULINA “OSIRIS SOUZA E SILVA”
111
PENITENCIÁRIA DE IARAS “ORLANDO BRANDO FILINTO”
125
PENITENCIÁRIA DE ITAÍ “CABO PM MARCELO PIRES DA SILVA”
55
Penitenciária de Marília e Anexo Semiaberto  
150
PENITENCIÁRIA FEMININA DE PIRAJUÍ “SANDRA APARECIDA LÁRIO VIANNA”
120
PENITENCIÁRIA DE PIRAJUÍ I “DR. WALTER FARIA PEREIRA DE QUEIROZ”
81
PENITENCIÁRIA DE PIRAJUÍ II “LUIZ GONZAGA VIEIRA”
21
PENITENCIÁRIA DE REGINÓPOLIS I “TENENTE PM JOSÉ ALFREDO CINTRA BORIN”
130
PENITENCIÁRIA DE REGINÓPOLIS II “SARGENTO PM ANTONIO LUIZ DE SOUZA”
30
PENITENCIÁRIA DE TAQUARITUBA
111
Total
2.689

ENCCEJA

Nome da Unidade
Insc. Fundamental
Insc. Médio
Total Insc.
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE BAURU “ASP FRANCISCO CARLOS CANESCHI”
86
84
170
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE CERQUEIRA CÉSAR
99
100
199
CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE ITATINGA
87
67
154
CENTRO DE PROGRESSÃO PENITENCIÁRIA (CPP) I DE BAURU “Dr. ALBERTO BROCCHIERI”
120
121
241
CPP II DE BAURU “EDUARDO DE OLIVEIRA VIANNA”
153
154
307
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE AVARÉ  “DR. MAURO DE MACEDO”
52
62
114
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE JAÚ “ Dr. JOÃO EDUARDO FRANCO PERLATI”
50
60
110
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE LINS  “DR. MANOEL CARLOS MUNIZ”
32
39
71
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE MARILIA
52
70
122
CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE OURINHOS
42
32
74
PENITENCIÁRIA DE ÁLVARO DE CARVALHO “VALENTIM ALVES DA SILVA”
111
110
221
PENITENCIARIA COMPACTA DE AVANHANDAVA
120
122
242
PENITENCIARIA DE AVARÉ I “DR. PAULO LUCIANO DE CAMPOS”
11
6
17
PENITENCIÁRIA DE AVARÉ II “NELSON MARCONDES DO AMARAL”
105
95
200
PENITENCIÁRIA DE BALBINOS I “RODRIGO DOS SANTOS FREITAS”
111
108
219
PENITENCIÁRIA II de BALBINOS “PENITENCIÁRIA GILMAR MONTEIRO DE SOUZA”
88
100
188
PENITENCIÁRIA DE BERNARDINO DE CAMPOS
127
125
252
PENITENCIÁRIA DE CERQUEIRA CESAR
130
90
220
PENITENCIARIA DE GETULINA “OSIRIS SOUZA E SILVA”
130
131
261
PENITENCIÁRIA DE IARAS “ORLANDO BRANDO FILINTO”
107
68
175
PENITENCIÁRIA DE ITAÍ “CABO PM MARCELO PIRES DA SILVA”
0
21
21
PENITENCIÁRIA DE MARÍLIA E ANEXO SEMIABERTO  
85
94
179
PENITENCIÁRIA FEMININA DE PIRAJUÍ “SANDRA APARECIDA LÁRIO VIANNA”
201
147
348
PENITENCIÁRIA DE PIRAJUÍ I “DR. WALTER FARIA PEREIRA DE QUEIROZ”
106
100
206
PENITENCIÁRIA DE PIRAJUÍ II “LUIZ GONZAGA VIEIRA”
118
119
237
PENITENCIÁRIA DE REGINÓPOLIS I “TENENTE PM JOSÉ ALFREDO CINTRA BORIN”
75
71
146
PENITENCIÁRIA DE REGINÓPOLIS II “SARGENTO PM ANTONIO LUIZ DE SOUZA”
138
138
276
PENITENCIÁRIA DE TAQUARITUBA
115
116
231
Total
2651
2550
5201